Trabalhador externo: como aumentar a produtividade e o engajamento?

O trabalho externo é aquele realizado fora das dependências da empresa, o qual exige deslocamento constante do trabalhador externo para exercer sua atividade. É o caso de motoristas, vendedores externos, técnicos de telefonia e montadores de móveis, por exemplo.

Um grande aliado das empresas que buscam crescimento, expansão dos negócios e quebra das barreiras geográficas para potencializar resultados, o trabalho externo possui algumas particularidades que ainda impedem algumas organizações de investir massivamente neste formato de trabalho.

Entre as maiores preocupações estão o controle de ponto e aumento da produtividade, assim como o engajamento desses profissionais com a marca.

Este é o seu caso? Então fique conosco para essa leitura. Vamos desvendar os segredos da produtividade e engajamento das equipes externas de trabalho!

O que é produtividade no trabalho?

Produtividade é a relação entre a quantidade de recursos utilizados e os resultados obtidos com esses recursos. Quando nos referimos à produtividade no trabalho, dizemos que é a capacidade de um indivíduo de gerar resultados para a organização.

Pensando em uma montadora de veículos, é mais produtivo aquele funcionário que entrega mais veículos prontos por hora. Já em uma equipe de vendas externas, é mais produtivo aquele que traz maior faturamento para a empresa.

Para ficar de olho: confira dicas para montar sua equipe de vendas externas.

Como você pode ver, o que importa na produtividade não é necessariamente o meio pelo qual se conquista um objetivo, mas sim entregar o melhor resultado.

No caso da equipe de vendas, não se trata do profissional que traz mais clientes, mas sim aquele que gera maior receita por meio das suas vendas.

O que é engajamento?

A palavra engajamento remete ao ato de participar ativamente de algo. Na empresa, ela significa o envolvimento dos funcionários com a organização e a sua capacidade de compreender o seu papel e executá-lo com excelência, contribuindo para que os objetivos estratégicos sejam alcançados.

Só existe engajamento se o trabalhador externo realmente se sente parte da empresa, o que significa influenciar as decisões e ser comunicado de tudo o que se passa na organização.

Definidos nossos dois pontos de partida, agora vamos ao que realmente interessa: como fazer com que os trabalhadores externos da sua empresa sejam produtivos e engajados?

1. Selecione profissionais com valores semelhantes aos da empresa

Ter funcionários que não concordam com os valores e crenças da sua empresa é um verdadeiro entrave. Afinal, essas pessoas sempre serão contra o que é aplicado, afetando o ambiente de trabalho e, claro, os demais colegas.

Em se tratando de um trabalhador externo, esse descontentamento pode se refletir para outras pessoas, inclusive potenciais clientes, minando sua capacidade de expandir os negócios.

Nesse sentido, o processo de recrutamento e seleção exerce um papel fundamental.

É por meio de testes e entrevistas que os gestores saberão se o perfil de cada profissional que está sendo avaliado corresponde à cultura da organização, o que facilitará na integração desse novo funcionário e, claro, para o aumento da produtividade e o engajamento do trabalhador externo.

2. Remunere adequadamente

Trabalhadores externos possuem um desgaste físico e emocional diferente daqueles que trabalham internamente. Muitas vezes, enfrentam o trânsito caótico das grandes cidades, caminham longas distâncias e passam mais tempo viajando do que em casa.

Se você não criar políticas de remuneração que compensem esse dissabores, fatalmente eles serão menos produtivos e engajados.

Por outro lado, o investimento em políticas de remuneração atrativas faz com que o trabalhador externo tenha mais motivação para desempenhar seu papel e gerar mais resultados.

Leia também: Gestão de pessoas se constrói com liderança e motivação

3. Forneça os recursos necessários

Não é porque o trabalhador não fica na empresa que ele não precisa de recursos para exercer suas atividades com qualidade.

Equipamentos de proteção individual (EPIs), dados sobre leads, tablets e notebooks, materiais de divulgação, entre outros, fazem toda a diferença na hora de prestar um bom serviço.

Além disso, fornecer as tecnologias e recursos necessários para o trabalho demonstra que sua empresa investe no colaborador e facilita a obtenção de resultados. Em outras palavras, o funcionário é valorizado acima de tudo.

4. Crie clubes de vantagens

A qualidade de vida pessoal anda de mãos dadas com a qualidade de vida no trabalho. É por essa razão que muitas empresas investem em clubes de vantagens para os colaboradores que se destacam pela produtividade e engajamento.

Descontos em academias, cinemas e teatros; facilidades na obtenção de empréstimos consignados; convênios com creches, escolas e faculdades; parcerias com clubes desportivos, entre outras facilidades, tornam a empresa mais atrativa para os trabalhadores externos e os mantém leais à marca.

A boa notícia é que esse tipo de vantagem pode ser atrelada ao desempenho de cada profissional, tornando-se um fator de motivação para o aumento da produtividade e engajamento com a empresa.

Confira também: Mindfullness: bem-estar no trabalho e foco em resultados

5. Evite reuniões que poderiam ter sido emails

Trabalhadores externos possuem agendas apertadas. Quando se trata de vendedores externos, a preocupação com a otimização do tempo aumenta ainda mais, afinal, o objetivo é vender. E se eles estão parados, não estão vendendo.

Nesse sentido, evite reuniões desnecessárias que poderiam ter sido resolvidas com um email. Além disso, promova uma comunicação eficaz utilizando tecnologias como aplicativos de mensagens e videoconferências.

Agilize o envio de ordens de serviço digitais com aplicativos de controle de ponto como o Tangerino Pro, que trazem essa funcionalidade para facilitar a comunicação entre empresa e trabalhadores externos.

6. Promova confraternizações de empresa

Outra maneira de manter o trabalhador externo engajado e produtivo é aproximá-lo dos demais colaboradores da empresa, para que ele se sinta parte do time.

Promover confraternizações na empresa é uma ótima maneira de reunir todos em um mesmo local e fomentar a troca de ideias e conhecimentos, além de fortalecer o sentido de pertencimento das pessoas com relação à marca.

Aproveite esses momentos para reconhecer os talentos da equipe. Premiações, falas públicas e distribuição de brindes, por exemplo, podem animar as pessoas a se manterem mais engajadas e produtivas.

Aumentar a produtividade e o engajamento do trabalhador externo é um investimento contínuo. À medida que você vai conhecendo seus colaboradores e identifica quais são seus desejos e necessidades pessoais e profissionais, tem mais condições de desenvolver políticas e ações que fomentem o envolvimento com a empresa.

Que tal conhecer outras formas de melhorar a produtividade e o engajamento da sua equipe externa? Confira também o post Venda externa: da contratação da equipe aos resultados!

teste grátis 14 dias