Como a Marcação de Ponto Contribui Para a Motivação no Ambiente de Trabalho

A motivação no ambiente de trabalho é fundamental para um clima organizacional favorável e se relaciona diretamente com a produtividade dos funcionários. Por isso, ela deve ser promovida por meio de vários fatores, incluindo a marcação de ponto.

Tempo de Leitura: 10 minutos

Última atualização em 14 de junho de 2021

top of mind de rh

A motivação no ambiente de trabalho é resultado de uma série de medidas tomadas em conjunto pelas lideranças da empresa. 

Em outras palavras, não é apenas responsabilidade do RH cuidar para que os talentos se sintam motivados, mas de todos os gestores e também do empregador.

Ter pessoas engajadas, prontas para assumir desafios e lutar pelos objetivos da organização também não é só promover eventos internos e ter um quadro de funcionário do mês na parede.

Esse ganho passa por promover um ambiente de trabalho saudável, justo e igualitário, começando por uma comunicação efetiva, de duas vias e transparente.

Pode não parecer, mas fazer uma boa gestão da marcação de ponto dos funcionários também é um fator determinante para a motivação no ambiente de trabalho. Continue a leitura e entenda melhor essa questão!

Em primeiro lugar, o que é motivação?

 que é motivação

Motivação é uma daquelas palavras que, inicialmente, quer dizer apenas uma coisa, mas no fim acaba gerando uma teia de significados e conceitos mais complexa do que poderíamos imaginar.

Contratação de Novos Colaboradores na Quarentena

Se formos explicar de maneira concisa, podemos dizer que motivação é a razão que leva uma pessoa a realizar uma atividade

A origem da palavra remonta às formas latinas “moverè” e “motivus”, ambas relacionadas a movimento, força motora que leva alguém a tomar determinada atitude.

É a energia de movimento que tira alguém do ponto A e leva em direção ao ponto B. E essa energia é inerente ao ser humano, uma vez que todas as ações começam por uma motivação.

Por ser um conceito tão enraizado em nossos hábitos diários, encontramos centenas de artigos e livros abordando o assunto, mostrando como estar motivado ou aumentar sua motivação.

No entanto, ela está diretamente ligada às nossas realizações pessoais e profissionais. Por isso, a origem da motivação é algo totalmente pessoal e subjetivo, pois varia de acordo com as vivências de cada indivíduo.

Confira também alguns artigos que separamos para você:
👉 Gestão por competências: saiba como implementar em sua empresa
👉 Hunting em RH: entenda o que é e veja como aplicar 
👉 Entrevista por competências: entendendo e aplicando na seleção de candidatos
👉 Salário emocional: entenda esse conceito e veja por que oferecê-lo

Tipos de motivação

A motivação sobre a qual estamos falando não surge do nada e não é mecânica. Ela parte de sentimentos que guardamos conosco e nos instigam a fazer algo.

Mas fatores externos também são capazes de gerar e influenciar nossas motivações. É o que chamamos de motivação extrínseca

Motivação extrínseca

Como o nome sugere, tudo que é extrínseco vem de fora, é externo à pessoa. No caso da motivação, ela parte de fatores ambientais, como o local onde estamos inseridos, as atividades que executamos e as pessoas com as quais convivemos.

Esse é o tipo de motivação mais comum quando falamos sobre o ambiente de trabalho, porque não basta apenas que o profissional tenha motivos pessoais para executar suas tarefas, é preciso que o meio seja propício para aflorar sua criatividade e força de vontade.

Os gestores precisam ficar atentos a elementos externos que possam contribuir para a motivação no ambiente de trabalho, como:

  • plano de carreira;
  • bonificações por reconhecimento;
  • desenvolvimento dos talentos etc.

Essas ações têm um impacto bastante positivo e significativo para motivar os colaboradores e, cada vez mais, trazê-los para perto da empresa.

No entanto, a motivação extrínseca por si só não é suficiente para atrair e reter os talentos. É preciso contar com algo que vem de dentro, a chamada motivação intrínseca.

Motivação intrínseca

Ela parte de elementos internos ao indivíduo e está relacionada a propósito, identidade e sentimento.

Isso quer dizer que, se a pessoa estiver em um trabalho ótimo, com excelentes oportunidades de crescimento e liberdade criativa, ela não necessariamente estará motivada, porque tudo começa pela automotivação.

Percebemos então que os dois tipos precisam caminhar juntos para que o indivíduo tenha forças para tomar uma ação.

O que é motivação no ambiente de trabalho?

A motivação no ambiente de trabalho é um tipo de motivação extrínseca, ou seja, parte do externo em direção ao interno. 

Como já mencionamos, a vida pessoal tem um peso muito grande em fazer com que um profissional goste e se dedique ao seu trabalho.

Quando alguns aspectos da vida privada não vão bem, é bem provável que isso reflita na produtividade, na dedicação e no esforço despendido para conduzir as atividades.

Podemos dizer, então, que a motivação no ambiente de trabalho está ligada a querer se manter no emprego, atingir as metas estabelecidas, fazer a diferença e crescer junto da empresa.

E ela é facilmente influenciada por questões como cultura baseada no colaborador, bom relacionamento com os pares e líderes, benefícios atrativos, bonificações e premiações, clima organizacional etc.

Motivação no ambiente de trabalho versus motivação organizacional

É comum que os dois conceitos sejam confundidos, mas é importante ter em mente que a motivação organizacional está relacionada à empresa, não ao colaborador.

Ela diz respeito ao conjunto de ações e responsabilidades que a empresa deve ter para manter a motivação do time elevada e, com isso, aumentar a lucratividade e o crescimento do negócio.

Um colaborador desmotivado produz menos e pode contaminar os demais, criando um declínio exponencial. Por isso é imprescindível criar planos para manter a equipe toda em sintonia e satisfeita.

Como promover a motivação no ambiente de trabalho por meio da marcação de ponto?

O que é motivação no trabalho

Muitos autores de livros afirmam que a motivação não é externa e que o trabalhador é quem deve se automotivar para construir uma carreira de sucesso. 

Um ponto de vista bastante atrativo para gestores de empresas, afinal, exime as organizações de qualquer participação no engajamento das equipes.

Todavia, um ambiente saudável, com clima organizacional positivo e uma comunicação eficiente fazem diferença na forma com que as pessoas se relacionam com suas atribuições profissionais.

Veja algumas formas de motivar a sua equipe com medidas simples e ao alcance do RH da sua empresa!

1. Explique a legislação que envolve o registro de ponto

Um colaborador que sabe exatamente para que serve o ponto eletrônico e qual é a legislação envolvida, por exemplo, tem maior consciência da sua responsabilidade na gestão de seus horários e sabe que a empresa também está zelando pelo cumprimento das leis ao monitorar a jornada de trabalho.

Compartilhar esse conhecimento com toda a equipe não custa nada e pode melhorar a confiança interna, bem como a motivação dos trabalhadores. Para tanto, você pode fazer palestras internas, criar uma sequência de e-mails ou deixar a informação à disposição na intranet.

2. Aposte na confiança mútua

A implementação do relógio de ponto digital para pequenas empresas pode significar uma ruptura na confiança entre líderes e liderados, que antes tinham uma relação mais amistosa na gestão do tempo, sem muitas cobranças.

A sensação de ser fiscalizado mexe com a autoestima dos profissionais, gera desconfiança em relação à gestão da organização até uma certa insatisfação entre os colaboradores, o que compromete o clima organizacional e, se não tratado da forma correta, pode se tornar uma crise interna importante.

Nesse caso, é essencial mostrar à equipe que a empresa está crescendo. Novos profissionais vão se somar ao time, é preciso automatizar tarefas e melhorar o controle de jornada a fim de evitar falhas que possam impactar negativamente tanto a empresa quanto os colaboradores.

3. Fortaleça a comunicação interna

Fortalecer a comunicação interna, desenvolvendo canais que propiciem o diálogo entre líderes e liderados, também é uma excelente maneira de estimular a motivação no ambiente de trabalho e conquistar o tão sonhado engajamento.

Por meio de estratégias de comunicação voltadas aos colaboradores, é possível explicar os motivos da aquisição do ponto eletrônico para funcionários, esclarecer as dúvidas mais comuns e assim garantir a adesão de todos ao novo método de controle de jornada de trabalho.

É através dessa comunicação também que os gestores compartilham os valores da organização, envolvendo a todos com mensagens que, mais do que motivar, inspiram os colaboradores a fazerem sempre o melhor.

4. Promova eventos para o público interno

A realização de eventos focados em treinamento e desenvolvimento de equipes contribui significativamente para melhorar a motivação nas empresas e reter talentos.

Reunir toda a equipe em um único local, estimular o debate e a troca de ideias, incentivar projetos em conjunto e a colaboração mútua são alguns dos objetivos que os eventos corporativos costumam cumprir.

No caso de a sua empresa estar enfrentando resistências quanto à implementação de um relógio de ponto digital, por exemplo, um pequeno simulado de como realizar a marcação de ponto corretamente pode resolver muitos conflitos.

5. Planeje um job rotation

Outra ideia interessante para motivar a equipe no ambiente de trabalho é planejar um job rotation, uma tática de gestão de pessoas que consiste em fazer com que os funcionários troquem de função por um período de tempo.

Essa estratégia é essencial para que todos os colaboradores compreendam as dificuldades de outros setores e passem a ser mais colaborativos no fornecimento de informações ou cumprimento de processos.

Imagine que uma das gerências da empresa não conscientizou a equipe externa quanto à marcação de ponto online e tem enviado, insistentemente, folhas de ponto preenchidas à mão.

É o caso de convidar esse gestor para que ele auxilie o RH no fechamento do cartão de ponto manual, a fim de que ele saiba exatamente quais são as dificuldades geradas por seu comportamento, bem como as facilidades do controle de ponto mobile.

Depois de uma experiência como essa, sua empresa vai ganhar vários apoiadores!

6. Seja o exemplo, sempre

Se a sua empresa cobra pontualidade na entrada e na saída dos colaboradores, todos devem ser tratados da mesma maneira, inclusive os gestores.

Isso significa que todos devem estar presentes em seu local de trabalho na hora determinada, salvo situações em que é necessário ter mobilidade.

Aqui, vale lembrar da comunicação transparente: se alguém não está cumprindo o horário por um motivo qualquer, esclarecer isso aos demais colaboradores pode poupar sua empresa de barreiras à motivação no ambiente de trabalho.

Como motivar pessoas nem sempre está ligado somente a elas mesmas, mas ao contexto em que elas se encontram, é fundamental que haja diálogo interno para esclarecer quaisquer dúvidas sobre privilégios de indivíduos e necessidades da empresa.

Como garantir uma marcação de ponto consistente?

Como você deve ter notado, uma simples ação como a marcação de ponto pode ser a diferença entre uma equipe feliz e motivada ou pessoas insatisfeitas com o ambiente de trabalho.

É por esse motivo que a escolha por um controle  de ponto para sua empresa é sempre recomendado. Se todos estão cientes de seus deveres, estando dentro ou fora da empresa, fica mais fácil exigir o cumprimento das normas e esclarecer qualquer inconsistência que possa surgir.

Entendeu como é possível manter a motivação no ambiente de trabalho apenas por meio de uma marcação de ponto eficiente? Aproveite a visita e entenda como o employer branding vai te ajudar a atrair os melhores talentos!

Teste