A gestão de e-commerces em meio à pandemia

A gestão de e-commerce é um trabalho complexo, que envolve processos de venda e de administração da relação entre o funcionário e o empregador. É preciso estar atento às mudanças necessárias durante o isolamento social.

O cenário atual do mercado de compra e venda continua impactado pela crise do novo coronavírus, que, em muitas cidades, fez com que lojas e empresas fechassem suas portas. Essas medidas de seguranças, porém, não cessam as necessidades de consumo de pessoas que precisam seguir suas atividades. Por este motivo, o e-commerce se tornou ainda mais presente.

Somente em abril, segundo mês após a introdução do isolamento social como medida preventiva, o mercado online do Brasil apresentou um crescimento de 81% no lucro. Isso prova o quanto ele se tornou necessário e difundido no país.

Com todo esse crescimento, as empresas desse setor precisam estar cada vez mais focadas em formas de fazer seu negócio se adaptar. Afinal, a gestão de e-commerces é um assunto complexo que, no momento, toma novas formas. É esse assunto que trataremos neste texto. Vamos nessa?

A gestão de empresas durante o isolamento social

Gestão de e-commerce

A necessidade do isolamento social durante a pandemia do novo coronavírus levou muitos funcionários ao home office. Isso fez com que muitas empresas precisassem rever sua gestão. Afinal, muitos dos processos eram pessoais.

Sendo assim, muitos gestores viram a necessidade de acelerar o processo de transformação digital de suas empresas para garantir a segurança dos funcionários sem comprometer o funcionamento das empresas.

Nos e-commerces, isso não é diferente. Apesar de focar na venda digital e não necessitar de uma loja física, alguns de seus processos ainda são pessoais, principalmente quando se diz respeito a gestão de colaboradores dentro do setor de Departamento Pessoal e Recursos Humanos.

Sendo assim, as lojas virtuais também precisam se adaptar ao momento vivido por todo mundo para não perder as oportunidades que se apresentam no momento. Afinal, elas se tornam cada vez mais necessárias quando os consumidores não podem se dirigir à lojas físicas.

Mas, afinal, como é possível continuar as atividades de um e-commerce no momento atual?

A gestão de e-commerces atual

Como dissemos anteriormente, é fundamental que todas as empresas, mesmo aquelas que funcionam a partir de uma loja virtual, adaptem seu modelo de gestão para continuar obtendo resultados.

No caso do e-commerce, é necessário criar formas de executar todo o processo de venda de forma digital. Afinal, mesmo com parte do processo já sendo feito pela internet, existem aqueles que ainda precisavam ser executados de forma pessoal, como o controle de ponto e jornada.

Além disso, é necessário criar uma gestão de funcionários humanizada, levando em consideração o momento em que passamos. Neste momento, é preciso entender as necessidades de todos os funcionários para que a produtividade não caia. Afinal, o mercado se mostra promissor.

Vale lembrar que a gestão interna de um e-commerce não é focada apenas nos resultados apresentados, mas também em uma forma de criar e manter uma cultura organizacional saudável para todos os colaboradores.

Como melhorar a gestão de um e-commerce em home office

Para que a gestão do e-commerce seja efetiva no momento de isolamento social, é preciso levar em consideração a modernização do setor de Recursos Humanos.

A implementação de um RH Digital pode ser a peça que falta para que os funcionários continuem apresentando os melhores resultados e a empresa aproveite o momento em que possui mais oportunidades.

Um RH Digital é aquele que se aproveita de ferramentas tecnológicas para manter a gestão de pessoas e do quadro de colaboradores da melhor forma através da internet.

Essa foi a saída encontrada por muitas empresas de diversos mercados que conseguem continuar suas atividades sem colocar a saúde de seus funcionários

Abaixo, vamos falar de alguns tópicos e ferramentas que podem ajudar na gestão de um e-commerce que mantém suas atividades de forma remota:

Comunicação com os funcionários

Com o isolamento social, é preciso ficar atento à necessidade de estar por dentro de todas as atividades da sua empresa. Infelizmente, as reuniões pessoais não são indicadas, o que pode fazer com que os gestores sintam-se desconexos de suas equipes.

Por este motivo, é interessante apostar em ferramentas que podem ajudar na produtividade do home office, principalmente aquelas focadas em comunicação.

Entre essas ferramentas, estão:

Skype, Zoom e Hangouts

Essas ferramentas de chamada de vídeo permitem que reuniões que antes eram realizadas pessoalmente se tornem remotas, seguindo as principais orientações do momento e mantendo um canal aberto de comunicação com os funcionários. 

Além disso, elas podem ser usadas como forma de confraternizar e cuidar da saúde de seus funcionários. Afinal, o momento de isolamento social pode ser responsável pela queda de produção de alguns colaboradores, algo que afeta os resultados da empresa.

Sendo assim, essas ferramentas podem ser utilizadas para criar uma gestão humanizada, que foca na comunicação e que entende as principais necessidades de seus funcionários.

Google Chat, WhatsApp e Slack

Softwares de chat também são necessárias no dia a dia da gestão de um e-commerce e de outras empresas. Elas servem para manter a comunicação contínua entre os funcionários que trabalham juntos e fazer comunicados rápidos de forma individual ou coletiva.

Essas ferramentas também podem ser utilizadas para manter um registro das principais informações compartilhadas.

Produtividade da empresa

Além da comunicação empresarial, a gestão da produtividade também precisa se adaptar ao momento. Sendo assim, é preciso encontrar ferramentas que permitem o compartilhamento de informações de forma simples. Entre elas estão:

Google Docs

O conjunto de ferramentas do Google é gratuito e permite a criação de documentos, planilhas e apresentações online, que podem ser acessados de qualquer lugar e compartilhadas com qualquer pessoa.

Através delas, é possível criar relatórios e acompanhar a produtividade da empresa de forma simples e em tempo real.

Drive e Dropbox

Através do armazenamento em nuvem, essas ferramentas permitem que os funcionários e gestores compartilhem todos os tipos de arquivos e criem um arquivo digital para consulta à qualquer momento.

Trello, Todoist, Asana

Essas ferramentas servem para organizar as tarefas de um ou mais times de uma empresa, criando ordem de prioridades e mantendo os gestores a par das atividades que estão sendo e precisam ser realizadas.

Assim, é possível manter uma gestão firme, que não perde a qualidade por não estar frente a frente com seus colaboradores.

Quando o assunto é a gestão de um e-commerce, é possível utilizá-las também para criar uma trilha visual de processos, garantindo que nada seja perdido.

Gestão de Departamento Pessoal e RH

As áreas que cuidam da relação entre os funcionários e o empregador também precisam atualizar os seus principais processos. Afinal, como citamos anteriormente, a adoção de um RH Digital deixou de ser um luxo e se tornou uma necessidade em meio ao isolamento social.

Dentre todas as atividades desses setores, a atividade mais crucial é o controle de jornada de seus colaboradores. Afinal, muitas empresas o faziam de forma pessoal, algo que não pode mais acontecer.

O problema é que, em home office, o controle de horas trabalhadas ainda é essencial para administrar os benefícios dos funcionários e sua produtividade.

Controle de ponto durante a pandemia

No momento, é impossível utilizar relógios de parede para que os funcionários registrem suas horas trabalhadas. A ideia, neste momento, é utilizar outros tipos de controle de ponto, que compartilham os dados em tempo real e não comprometam a segurança dessas informações.

Na gestão de e-commerces, essa pode ser a principal falha do setor de RH. Afinal, este é um dos processos que ainda é realizado pessoalmente, tendo em vista que os funcionários costumam estar presentes na sede das empresas. Neste momento, é preciso ficar atento a necessidade de continuar com o controle de ponto durante o home office.

Apesar de muitas empresas utilizarem ferramentas como o Google planilhas para o controle de jornada de funcionários, essa não é a escolha mais segura ou eficaz.

O controle de ponto digital, como o Tangerino, é a melhor solução para este problema, sendo capaz de realizar o controle de jornada de forma simples, rápida e segura.

Dentro do sistema do Tangerino também é possível realizar o controle de escalas, o envio de documentos e permitir que os funcionários assinem suas folhas de pagamento de forma digital.

Quando o assunto é segurança, o Tangerino possui ferramentas para garantir a veracidade dessas informações, como o cadastro de local de interesse e a solicitação de uma foto. Além disso, o software é homologado segundo as portarias 373 e 1510 do Ministério do Trabalho, que versam sobre o controle de ponto e suas principais características.

Sendo assim, este pode ser o software perfeito para ajudar na gestão de funcionários de e-commerces, que podem continuar cumprindo e registrando suas jornadas de forma segura e prática.

Através do Tangerino, também é possível gerar os principais relatórios de controle de jornada, facilitando no cálculo de folha de pagamento de seus funcionários e na administração dos benefícios de cada um.

Assim, a gestão continua presente e atenta ao trabalho dos funcionários, sem abrir brechas jurídicas que podem trazer problemas para a empresa.Não perca tempo e melhore a gestão de seu e-commerce com o Tangerino. Comece seu teste grátis de 14 dias agora mesmo!

teste grátis 14 dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.