Como manter o controle de ponto durante o isolamento social

O controle de ponto continua sendo um processo importante durante o momento de isolamento social. Por isso, é necessário atualizar o processo para que a empresa não tenha problemas com a justiça.

O isolamento social é uma realidade para uma grande parcela das empresas brasileiras. Afinal, segundo as principais orientações das organizações de saúde, essa é a melhor forma de prevenir o contágio pelo novo coronavírus (COVID-19). Mas, mesmo neste período, muitas empresas precisam continuar suas atividades e, portanto, manter seu controle de ponto.

Você sabe como conciliar o novo modo de trabalho sem prejudicar o registro de jornada de seus colaboradores? É disso que falamos neste texto. Continue a leitura!

O trabalho durante o isolamento social

controle de ponto durante o isolamento social

É um fato que, até o início deste ano, o modelo de trabalho presencial era o mais adotado pelas empresas no país. Essa realidade mudou e, hoje, a execução das tarefas trabalhistas tomou uma nova face, como resposta ao isolamento social.

Por este motivo, muitos empregadores tiveram que procurar novas formas de continuar com as atividades.

Mesmo com algumas flexibilizações, muitas empresas ainda não podem voltar ao seu pleno funcionamento. É neste momento que muitas empresas se voltaram para o home office como opção primária.

Entendendo o home office

Para permitir que os funcionários sigam as orientações de saúde atuais e cuidem de si mesmos, o home office foi adotado por aquelas empresas que já passaram pela transformação digital e podem oferecer seus serviços e executar seus processos através da internet.

Também conhecido como teletrabalho, o home office consiste no fato de que os funcionários executam suas atividades de forma remota, sem necessidade de ir até a sede das empresas.

Do ponto de vista de gestão, o home office pode apresentar alguns desafios. Afinal, sem a presença dos colaboradores, alguns gestores precisam se adaptar para não perder a produtividade e o foco do seu time.

Além disso, a gestão de pessoas também precisa ficar atenta à saúde mental dos colaboradores, que, no momento em que passamos, pode ser afetada.

O trabalho presencial

Mesmo com o momento de isolamento social, nem todas as empresas podem executar suas atividades de formas digital. Afinal, não são todos os processos que conseguem ser realizados através da internet.

Esse é o caso das indústrias, restaurantes, hotéis e também os conhecidos como serviços essenciais (supermercados, farmácias, hospitais, etc).

Sendo assim, o trabalho presencial ainda é a realidade de alguns empregadores, mesmo que de forma diferente.

Além de necessária a adaptação de alguns processos, outros tiveram que deixar de existir. É o caso de restaurantes que, em cidades ainda não flexibilizadas, precisam continuar suas atividades apenas pelo delivery.

Aqueles que continuam trabalhando presencialmente também precisa estar atento às orientações de saúde para que o ambiente de trabalho continue saudável.

Em ambos os casos, é preciso entender quais processos precisam ser adaptados para que o momento atual continue produtivo. Por isso, a gestão de pessoas no isolamento social não pode ser deixada de lado.

O controle de ponto durante o momento atual

Independente do modelo de trabalho adotado pela empresa para o momento, existe um processo em comum que não pode falhar: o controle de ponto.

Afinal, o registro de horas dos funcionários é necessário para conseguir os principais índices da empresa, como de absenteísmo e presenteísmo, além de fornecer os dados necessários para o fechamento da folha de ponto dos funcionários.

Além disso, a legislação trabalhista exige o controle de ponto para qualquer empresa com mais de 20 funcionários, segundo o art. 74 da Consolidação das Leis Trabalhistas. Não fazer o controle de ponto nesse momento pode prejudicar o futuro da sua empresa e abre brechas para processos trabalhistas complicados e custosos.

Muitas empresas realizavam seu controle de ponto através de equipamentos físicos, como os relógios eletrônicos de ponto. Mas, sendo em home office ou de forma presencial, o controle de ponto precisa mudar.

Abaixo, vamos falar das principais soluções para que seus colaboradores continuem registrando suas jornadas sem interrupção, mesmo no momento atual.

Controle de ponto em home office

Para os funcionários que estão em home office, o uso de equipamentos fixos de controle de ponto chega a ser impossível. Afinal, por realizarem suas atividades de forma remota, seria muito custoso fornecer todos os equipamentos necessários para que o registro aconteça.

Por isso, no caso do controle de jornada em home office, é preciso buscar soluções que digitais para facilitar esse processo.

A Portaria 373 do MTE já versa sobre controles de ponto alternativos, o que inclui as soluções digitais e permitem que elas sejam utilizadas sem nenhum ônus para o empregador e sem brechas judiciais.

Sendo assim, se seus funcionários estão trabalhando em home office, é a hora de encontrar uma solução simples e eficaz que permita o registro de horas de forma remota.

Esse é o caso do Tangerino – Controle de Ponto. Nossa solução é baseada nas tecnologias mais recentes e trabalha com armazenamento em nuvem para que os funcionários consigam registrar suas jornadas de forma rápida, de qualquer lugar.

No home office, o aplicativo do Tangerino pode ser acessado através de um computador ou smartphone e utiliza a geolocalização para enriquecer os dados do controle de ponto.

Assim, todos os funcionários podem registrar suas jornadas direto das suas casas, sem dor de cabeça.

O software também é homologado segundo a Portaria 373, sendo uma solução completamente legal e perfeita para permitir que seus funcionários cumpram o isolamento social da forma mais segura possível.

Conheça mais sobre as ferramentas do Tangerino controle de ponto começando um teste grátis de 14 dias agora mesmo!

teste grátis 14 dias

Controle de ponto presencial

No trabalho presencial, mesmo que os funcionários ainda visitem a sede, a utilização de um relógio de controle de ponto convencional pode trazer problemas.

Afinal, as superfícies compartilhadas são uma das maiores causas de contágio por doenças infecciosas como o novo coronavírus.

Por isso, é preciso repensar o controle de ponto até mesmo nos momentos em que ele se mantém fixo na sede das empresas. O ideal, portanto, é utilizar um sistema de controle de ponto que não precisa do toque dos colaboradores para o registro de jornada

Esse é o caso do Tangerino Totem, o novo aplicativo desenvolvido para as empresas que não podem parar suas atividades.

Através dele, é possível utilizar o sistema de registro de horas do Tangerino sem a necessidade de tocar no dispositivo. Assim, seus funcionários conseguem registrar suas jornadas de forma automática ao apresentar o QR Code e tirar uma foto no dispositivo.

O aplicativo do Tangerino Totem é gratuito para todos os clientes Tangerino e possui todas as integrações com o sistema, sendo a solução perfeita para um registro de jornada que não coloca em risco a saúde e o bem estar dos funcionários.

Veja como é simples bater um ponto utilizando o Tangerino Totem:

Agende uma demonstração agora mesmo e comece a cuidar ainda mais dos seus funcionários.

É a hora de melhorar os processos

Seja em home office ou presencialmente, os funcionários da sua empresa precisam estar seguros e preparados para que a produtividade de sua empresa não seja afetada.

Por isso, continue procurando as melhores formas de adaptar os processos diários para a criação de uma gestão humanizada, que leva em consideração as principais necessidades dos colaboradores.

Este é o momento de criar ainda mais laços e aproveitar da tecnologia para aproximar aqueles que são importantes para o sucesso da sua empresa.

Gostou do conteúdo? Você também pode conferir quais são as principais ferramentas que podem ajudar a manter a produtividade da sua equipe no home office!

Tangerino Totem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.