As Principais Soft Skills Para o Mercado Pós-pandemia

As soft skills são as competências e habilidades comportamentais de um profissional, como gerenciamento de tempo, inteligência emocional, empatia e adaptabilidade que podem ser a chave para se destacar no mercado.

A chegada inesperada da pandemia causada pelo coronavírus no início de 2020 causou mudanças e adaptações inesperadas no mercado de trabalho do mundo inteiro. 

Essas transformações trouxeram à luz novas habilidades necessárias para um mercado diferente, que encontramos e ainda encontraremos como resultado do pós-pandemia. 

Hoje, não há como negar que o mundo está em constante mudança: a tecnologia experimenta avanços, e a pandemia trouxe uma grande aceleração nesses processos, gerando mudanças em nossa maneira de trabalhar. 

Empresas foram obrigadas a se reinventar para continuarem ativas, profissionais se viram diante de situações não previstas e foi necessário aprender e implementar novas maneiras de seguir com os nossos compromissos profissionais.

Continue a leitura deste post e fique por dentro de quais aprendizados adquiridos na pandemia farão a diferença neste “novo” mercado!

Neste artigo vamos abordar os seguintes tópicos:

A pandemia e o mercado de trabalho

A pandemia e o mercado de trabalho

Desde que o coronavírus foi classificado como pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS), no início de 2020, o futuro de muitas empresas se tornou incerto por um grande período — algumas começaram a se recuperar apenas nos últimos meses. 

Da noite para o dia, diversas organizações se depararam com a necessidade de tornar o home office uma realidade para o seu dia a dia. A implementação da tecnologia nas nossas tarefas diárias tornou-se obrigatória.

Para a maioria dos trabalhadores, uma jornada de trabalho remota era algo desconhecido e, por vezes, temido. 

A grande preocupação com a situação seria se as entregas, a produtividade e a interação de times e colaboradores não cairiam drasticamente em um cenário de home office.

Assim, para a maioria das empresas, a implementação e adaptação ao novo regime de trabalho não era algo previsto e nem foi fácil, mas quando concretizado e instaurado, acabou se tornando parte de uma rotina como qualquer outra, igual à do trabalho presencial.

De acordo com um estudo realizado pela Fundação Instituto de Administração (FIA), cerca de 34% das empresas informam que se veem aptas a adotarem um regime de home office de maneira permanente em um cenário pós-pandemia.

Por outro lado, a taxa de desemprego na pandemia da covid-19 chegou a bater 14%, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), resultando em cerca de 13,5 milhões de brasileiros. 

Mais do que nunca, destacar-se no mercado de trabalho é necessário para poder chamar atenção de recrutadores e empresas, em um período onde ser visto e reconhecido está cada vez mais difícil.

Já que está por aqui, que tal conferir estes artigos?
👉 Departamento pessoal: tudo que você precisa saber
👉 Talent acquisition: entendendo e aplicando no recrutamento
👉 Teste comportamental: como avaliar o perfil de seus funcionários
👉 RH 4.0: como se adaptar ao futuro da gestão de pessoas?

O que são as soft skills

As chamadas soft skills são um conjunto de competência e habilidades comportamentais que um profissional traz consigo. 

Tal bagagem faz parte de um conjunto de fatores, que derivam de toda sua vida pessoal e de sua jornada e conhecimento profissional.

Para um profissional se candidatar a certa vaga em uma empresa, as soft skills do candidato devem estar de acordo com os requerimentos ou, até mesmo, acima do esperado. 

Assim, se o candidato A foi melhor que o candidato B no fit cultural, mas as soft skills do candidato B estão mais completas, a probabilidade de ele ser o escolhido é maior.

Dia após dia, em um mercado competitivo como o que estamos vivenciando, as habilidades comportamentais servem de destaque e vantagem para um possível colaborador. Nesse sentido, as soft skills são tão importantes quanto as hard skills

Soft skills x Hard skills

As hard skills são as habilidades técnicas que um trabalhador tem. Tais competências são adquiridas por meio de estudos, cursos, testes e similares. 

Logo, é todo aquele conhecimento que pode ser comprovado por meio de um diploma ou certificados.

Materiais Tangerino: eBooks, guias, planilhas e ferramentas grátis

Ainda, as habilidades técnicas são os conhecimentos necessários para que o candidato possa exercer o seu trabalho de maneira correta e eficaz. 

Em se tratando de uma entrevista, são requisitos obrigatórios para o preenchimento de uma vaga.

Junto com as soft skills, quando trabalhadas de maneira correta, a dupla hard e soft formam colaboradores com a aptidão necessária para preencher as necessidades do mercado.

As principais soft skills para o mercado pós-pandemia

As principais soft skills para o mercado pós-pandemia

Agora, fique por dentro das principais soft skills.

Inteligência cultural e emocional

Em um mundo que está em constante mudança, a inteligência cultural é essencial para estar sempre a par dos acontecimentos ao nosso redor, podendo aplicá-los em nosso trabalho.

Além disso, saber lidar com a pluralidade do nosso país e do mundo fará toda diferença e se tornará cada vez mais necessário, desde novas línguas até peculiaridades do dia a dia. O mundo está cada vez mais conectado e é necessário que caminhemos junto com ele.

Já sobre a inteligência emocional, é essencial que o colaborador saiba equilibrar a sua vida pessoal e profissional de maneira saudável . 

Ainda, portar-se de maneira adequada diante de imprevistos e situações extremas é uma grande característica, muito valorizada pelas empresas. 

O balanço entre diversas emoções e a habilidade de saber priorizá-las fazem toda diferença em um profissional.

Fácil adaptação às tecnologias

Se existe algo que a pandemia do coronavírus nos mostrou, foi que a tecnologia é uma gigante aliada no dia a dia do nosso trabalho.

Com o constante avanço e a criação de novas plataformas, ferramentas e aplicativos, é necessário estar aberto para a fácil adaptação às tecnologias em nossa rotina. 

O uso dessas plataformas é essencial para que o nosso trabalho seja feito de maneira eficaz e efetiva. 

Empatia

Essa é uma soft skill sempre muito valorizada e que ganhou ainda mais destaque em tempos de pandemia. 

A empatia é essencial em um mercado corporativo e capitalista, tornando cada vez mais importante o ato de se colocar no lugar do outro e poder ver a situação através dos olhos do próximo.

A empatia pode ser praticada em diferentes níveis de hierarquia, desde um líder se colocando no lugar de um subordinado, a uma empresa se vendo no lugar do cliente ou até mesmo a diretoria no lugar de alguém de sua equipe. Além disso, é uma ótima maneira de firmar relacionamentos com seu time.

Gerenciamento de tempo

Com um fluxo de trabalho constante e diversas tarefas, saber gerenciar o tempo é algo de extrema importância na rotina, uma vez que isso pode resultar em uma produtividade mais alta por parte do colaborador, com entregas mais valiosas e certeiras. 

Ademais, é essencial que o trabalhador saiba priorizar tarefas e distinguir a necessidade e urgência de cada uma, podendo focar mais ou menos tempo, de acordo com a exigência de entrega.

Quando bem executada, essa soft skill pode resultar em menos estresse para o colaborador, melhorando a sua qualidade de vida, além de facilitar a rotina de outros colegas envolvidos no projeto.

A vida pós-covid-19

Além de todas as soft skills necessárias para se sobressair em um mercado pós-pandemia, uma empresa não sobreviverá apenas com bons profissionais, apesar de serem essenciais.

Para atingir esse objetivo, é necessário que ela esteja alinhada com um mundo pós-covid-19 e, para isso, você consegue encontrar um guia completo de Planejamento estratégico na pandemia: como organizar o retorno pós-covid.

teste grátis 14 dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

[i]
[i]
[...dataArray]
[...dataArray]