Salário Sob Demanda: Entenda Já Essa Nova Forma de Remuneração

O salário sob demanda é um benefício que dá acesso a valores parciais do salário que podem ser solicitados pelo funcionário a qualquer momento do mês. O pagamento é, portanto, proporcional aos dias trabalhados.

Tempo de Leitura: 13 minutos

Última atualização em 1 de fevereiro de 2021

Quem nunca teve uma emergência no meio do mês, não é mesmo? Esse é um dos cenários que fazem com que o salário sob demanda seja tão atrativo tanto para os colaboradores quanto para a empresa contratada.

O Banco Central demonstra que cerca de 54% dos brasileiros não conseguem levantar recursos financeiros em situações de emergência. Dessa forma, muitas pessoas recorrem ao adiantamento salarial para resolver o problema.

Essa é somente uma das situações que o salário sob demanda veio resolver, e diversas empresas têm adotado essa modalidade a fim de oferecer benefícios mais palpáveis para os seus colaboradores.

Entenda o que é essa modalidade de salário sob demanda, como funciona e suas vantagens neste artigo!

O que é e como funciona o salário sob demanda?

O que é salário sob demanda e como funciona

O salário sob demanda é um recurso determinado pela empresa que dá acesso ao salário a qualquer momento e de forma proporcional aos dias trabalhados.

Dessa forma, o colaborador não precisa esperar até o 5º dia útil de cada mês para ter acesso ao salário de forma integral.

Essa é uma modalidade que está ganhando cada vez mais espaço por permitir que os colaboradores tenham um maior controle sobre suas finanças. 

Não somente, é uma forma de institucionalizar os pedidos de adiantamento e possibilitar uma melhor qualidade de vida.

A remuneração é sempre referente aos dias trabalhados que ainda não foram liquidados pela empresa. 

Para fazer com que isso aconteça na prática, a empresa precisa contar com uma boa tecnologia, sendo possível realizar a transferência dos valores no momento da solicitação e ainda registrar no sistema escolhido pela empresa.

Mas, então, qual a diferença entre um simples adiantamento e o salário sob demanda? Discutiremos um pouco sobre isso a seguir.

Antes disso, salve os conteúdos a seguir para conferir depois:
👉 Férias: o guia definitivo para RH e DP
👉 Saiba tudo sobre o setor de Departamento Pessoal
👉 INSS de A a Z: o que mais você precisa saber a respeito?
👉 O guia completo do FGTS: sua empresa está por dentro das regras?

Diferença entre adiantamento salarial e salário sob demanda

A lei não é clara quando se fala sobre o adiantamento salarial. A referência legal é o artigo 462 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) que diz:

Ao empregador é vedado efetuar qualquer desconto nos salários do empregado, salvo quando este resultar de adiantamentos, de dispositivos de lei ou de contrato coletivo”.

Art. 462

Como dá para notar, o texto é bastante vago e não estabelece regras. Dessa forma, há uma forma prática de diferenciar um adiantamento salarial versus o salário sob demanda?

Bem, uma forma prática de diferenciar os dois é que o salário sob demanda é algo institucional, ou seja, a empresa prevê essa necessidade do seu colaborador e já oferece de antemão.

Assim, o colaborador pode se sentir muito mais à vontade para solicitar, uma vez que não haverá uma relação de favor, como é o caso do adiantamento salarial.

Ademais, a empresa pode deixar claras as regras e condições para fazer a solicitação, o que torna todo o processo ainda mais transparente.

Benefícios do salário sob demanda para o colaborador

Benefícios do salário sob demanda para o colaborador

Oferecer o salário sob demanda para o colaborador é mais que dar uma nova opção. 

Uma simples oferta como essa é capaz de afetar diretamente a qualidade de vida desse indivíduo. Entenda um pouco sobre esses benefícios!

1. Redução do estresse financeiro

Praticamente todo brasileiro já está habituado a esperar pelo 5º dia útil para receber o seu salário e só então pagar suas contas. É o ciclo financeiro a que todos estão habituados e é bastante simples também.

Sem a necessidade de esperar por um dia específico para pagar os boletos, o nível de estresse com a vida financeira do indivíduo acaba diminuindo bastante.

Imagina só observar a data de vencimento de uma conta importante (que cobra multa e juros) chegando e não ser capaz de fazer nada a respeito. Ou mesmo pensar que é necessário pedir um favor, como o adiantamento.

Através do salário sob demanda é possível fazer com que o recebimento se encaixe aos vencimentos das contas e não o contrário, o que é muito mais prático.

2. Não se preocupar com pedidos de adiantamento

Como falamos anteriormente, um pedido de adiantamento tem um teor de favor e pode causar constrangimento.

Por sua vez, essa visão pode fazer com que o colaborador não faça o pedido ao RH ou Departamento Pessoal e se afunde cada vez mais em dívidas, prejudicando também a sua performance na empresa.

Sendo assim, essa modalidade salarial é uma excelente forma para dar aos colaboradores maior controle sobre suas vidas financeiras (como trataremos a seguir) e até aproximar sua relação com a empresa.

3. Maior controle sobre as finanças

Ter acesso a partes do salário sempre que precisar é uma facilidade e tanto, não existe aquele que negue essa realidade.

A implementação do salário sob demanda deixa o colaborador livre para gerir sua vida financeira como quiser, desde que tenha trabalhado os dias necessários para sacar o montante que deseja.

4. Maior motivação e felicidade no trabalho

Existem dois fatores que influenciam diretamente na motivação e felicidade no trabalho: 

  • a falta de preocupações com o vencimento das contas, já que o colaborador pode contar com o salário quando precisar;
  • a flexibilidade da empresa onde se está trabalhando.

Esse tipo de atitude estimula o sentimento de lealdade e satisfação dos trabalhadores. 

Afinal de contas, nada mais agradável que estar livre de conflitos pessoais, não é mesmo?

Esse benefício para o colaborador é uma das principais vantagens para a empresa que implementa o salário sob demanda. Veja abaixo.

Benefícios do salário sob demanda para a empresa 

Benefícios do salário sob demanda para a empresa

A empresa pode ser humanizada e utilizar conceitos de employee experience a fim de reter talentos e melhorar a experiência dos seus colaboradores. 

Apesar disso, é necessário haver uma contrapartida para motivar os gestores a implementar ações como o salário sob demanda.

Dessa forma, veja aqui alguns motivos pelos quais aplicar essa solução salarial em sua empresa.

5. Aumento do engajamento e motivação

Funcionários mais tranquilos e felizes costumam estar mais motivados em suas rotinas de trabalho. 

O estresse financeiro é especialmente difícil de ignorar já que nossas aspirações e sonhos dependem, de alguma forma, de dinheiro.

O salário sob demanda deixa o pagamento disponível para o colaborador sempre que precisar, diminuindo consideravelmente as preocupações com boletos a vencer, por exemplo.

Essa liberdade e controle financeiro tiram uma grande preocupação das costas dos colaboradores, que podem focar mais em suas vidas profissionais.

Não somente, essa flexibilidade também aumenta a sua satisfação, resultando em uma ligação maior com a empresa e um sentimento de lealdade.

6. Atração e retenção de talentos

Hoje em dia o mercado é uma verdadeira selva, todas as empresas estão procurando por alguma vantagem estratégica para passar na frente e vencer a concorrência.

Sendo assim, não basta oferecer um bom emprego, é preciso ter inúmeros diferenciais a fim de não só atrair bons profissionais como também retê-los. Afinal, boas propostas não vão parar de surgir.

O salário sob demanda é um excelente diferencial e oferece uma comodidade financeira e tanto para todos os colaboradores. 

Além disso, ele é uma ótima forma de vender a experiência única ofertada pela empresa.

Essa é uma vantagem competitiva para se destacar no mercado não só como uma marca empregadora, mas também como uma fornecedora de serviços e/ou produtos. 

Essa é uma lógica bastante clara, uma vez que quem tem os melhores colaboradores tende a se diferenciar pela qualidade do que oferta.

7. Valorização e desenvolvimento da cultura organizacional

Não é incomum que, durante o recrutamento e seleção, o RH venda uma cultura organizacional humana e cheia de diferenciais quando, na prática, é bastante anacrônica e engessada.

Nem é necessário dizer que uma contratação pautada nessas inverdades tende a não durar, ocasionando também a alta taxa de turnover nessas empresas.

Dessa forma, investir no bem-estar dos colaboradores pode agir como o diferencial que faltava para virar pelo avesso esse cenário.

Assim, o RH pode utilizar de diferenciais como o salário sob demanda como um desses atrativos e proporcionadores de bem-estar e facilidades.

8. Aumento da produtividade

O conceito de separar a vida pessoal da profissional é muito importante, contudo, existem algumas situações em que essa distinção não pode ser feita. Problemas financeiros são um excelente exemplo.

Imagina só ser forçado a usar o cheque especial — que tem juros absurdos de 300% ao ano — em razão de problemas financeiros. 

Esse é um pensamento que fica permanentemente no fundo da cabeça de qualquer pessoa.

E isso, claro, afeta a produtividade, porque o colaborador estará constantemente distraído pensando em como sair dessa situação.

Sendo assim, o salário sob demanda é uma excelente forma de eliminar ou diminuir esse problema, já que atende às necessidades específicas de uma gama muito maior de colaboradores.

Veja abaixo um resumo de todas as vantagens que citamos anteriormente:

Benefícios do salário sob demanda para os colaboradores
Benefícios do salário sob demanda para a empresa

Estresse financeiro e os resultados da empresa

A grande maioria dos brasileiros vive uma espécie de estresse financeiro. Todos temos contas a pagar e estamos sempre preocupados com isso em algum nível. 

São contas todo fim de mês junto a algumas dívidas acumuladas e juros que não nos deixam em paz.

É bastante comum que essa preocupação passe a ocupar uma grande parcela da vida do indivíduo e acabe por vazar para outras áreas de sua vida.

Muitas vezes é impossível ter um momento de diversão por estarmos sempre com o foco voltado para aquela dúvida que ainda não sabemos como vamos pagar… Imagina só trabalhar!

Diante dessa situação, é bastante complexo manter a motivação e o engajamento com o trabalho. Basta se imaginar nessa situação para ter algum tipo de desconforto.

Tendo em vista toda a discussão que tivemos até o momento, é possível enxergar o salário sob demanda e seus benefícios como uma forma ativa de a empresa agir na vida financeira desses indivíduos indo além da entrega do próprio salário.

Quando a empresa toma para si um pouco da responsabilidade de transformar a qualidade de vida dos seus colaboradores, as mudanças institucionais são inúmeras e geralmente benéficas.

Como implementar o salário sob demanda

Não existe uma receita certa para implementar o salário sob demanda corretamente. 

A grande questão é a necessidade de contar com uma ferramenta que permita controlar os pedidos de saques a fim de acompanhar de perto tudo o que está acontecendo.

Isso pode ser feito através de um aplicativo integrado à plataforma utilizada pelo departamento de RH ou ainda através de solicitações formais.

Tudo vai depender do quanto a empresa pode dispor naquele momento para contratar ou desenvolver uma solução para gerenciar o benefício.

Uma boa prática, nesse caso, é contar com uma forma rápida de lidar com essa situação. 

Muitas vezes o salário é solicitado em caráter de emergência. Portanto, se o colaborador precisar esperar 5 dias úteis pelo processamento do pedido acaba por perder o sentido.

Sendo assim, basta levar esses pontos em consideração e desenvolver a metodologia que melhor se encaixa com as necessidades dos seus profissionais.

Existe alguma desvantagem do salário sob demanda?

Existe alguma desvantagem do salário sob demanda

Nem tudo são flores! Existem também algumas desvantagens ou consequências que surgem ao adotar um benefício tão interessante para os colaboradores.

Necessidade de educação financeira

A educação financeira é imprescindível para usar um benefício como o salário sob demanda. 

Caso o indivíduo não saiba lidar bem com suas finanças, em vez de uma benção, esse recurso pode se tornar uma maldição.

Se não tiver um controle claro do que já foi recebido e do que tem para receber, o funcionário pode perder o controle. 

Por exemplo, ele pode pedir um adiantamento quinzenal e ainda contar com mais da metade de seu salário para uma segunda parcela.

Caso isso aconteça, o efeito pode ser justamente o contrário e o colaborador ficará mais ansioso e menos focado no trabalho.

Se você chegou até aqui, talvez queira conferir alguns dos nossos materiais:
📚 Kit Gestão de Pessoas 2021
📚 Employer Branding: como atrair os melhores talentos
📚 Aprenda a vencer os desafios de gestão com tecnologia
📚 Bem-estar no trabalho: como garantir um ambiente saudável e aumentar o lucro

O que diz a lei: como ficam os direitos trabalhistas nessa modalidade salarial

Como falamos acima, o salário sob demanda está previsto no artigo 462 da CLT, onde está definido o adiantamento salarial.

Apesar de previsto em lei, não há nenhuma obrigatoriedade de oferta dessa facilidade ou mesmo regulamentação sobre como deve ser oferecida.

Dessa forma, fica a cargo do empregador e das entidades de classe negociar essa questão e deixar regras claras para como funcionará esse adiantamento, evitando problemas futuros.

Vale ressaltar que o adiantamento é sempre descontado do montante total que será recebido no final do mês pelo colaborador.

A sua empresa já adotou o salário sob demanda? Se sim, como está sendo a experiência? Caso ainda não ofereça esse objetivo, o que está te motivando a estudar sobre esse assunto? Conta pra gente nos comentários.

Teste grátis por 14 dias

Deixe um comentário

[i]
[i]
[...dataArray]
[...dataArray]