O Que é Outsourcing de RH e Por Que Ele é Tão Atraente Para as Empresas?

Outsourcing de RH é um recurso de gestão que delega funções burocráticas e estratégicas para especialistas, assim a empresa consegue focar esforços nas ações que geram mais resultados.

Tempo de Leitura: 14 minutos

Última atualização em 22 de outubro de 2021

Nos últimos anos, tem ganhado força no mercado o termo outsourcing. Ao falarmos de empresas, logo pensamos nas diversas áreas importantes que compõem a organização.

Finanças, logística, produção, atendimento, contabilidade, qualidade. Organizar todos esses setores e suas tarefas pode ser bastante complicado. 

Justamente para suprir demandas específicas que não conseguem ser absorvidas pelas empresas que surge o outsourcing. 

Se você não sabe do que se trata, ou ainda, por que tantas empresas acham essa modalidade atraente, continue lendo até o final. 

O que é outsourcing?

outsourcing

Outsourcing é uma palavra da língua inglesa que pode ser traduzida livremente como “fonte de fora”. 

Na prática, é um recurso de gestão que funciona por meio da contratação de serviços de outras empresas para a realização de atividades que antes eram desenvolvidas pelos próprios funcionários.

Flexibilização do trabalho

Em geral, os setores atendidos pelo outsourcing são atividades-meio da empresa, normalmente relacionados com a estratégia da contratante. 

A empresa de outsourcing, aquela que é contratada para prestar o serviço, possui grande experiência e conhecimento no seu segmento de atuação. 

Por isso, geralmente, tornam-se responsáveis por setores inteiros, conduzindo todos os seus processos. 

Em vez de contratar e desenvolver uma equipe inteira, preocupando-se com treinamentos e infraestrutura para um setor não relacionado à atividade-fim da empresa, ela contrata uma outsourcing e permite que conduza todos os processos do setor.

Muitas vezes os profissionais contratados trabalham dentro da empresa, porém sem manter vínculo empregatício com a contratante.

O outsourcing funciona como uma troca. O profissional oferece o seu conhecimento técnico e a empresa processos, cultura organizacional e outros fatores que geram, como resultado, um trabalho mais eficiente. 

Quem decide pela contratação dos recursos de outsourcing deseja uma fonte externa de mão de obra para ajudar nos processos internos da sua empresa.

Por falar em cultura organizacional, que tal conhecer mais sobre o conceito? Assista a esse vídeo da série Me explica Aí, aqui do Tangerino.

Qual a diferença da terceirização para o outsourcing?

É muito comum que haja uma confusão entre esses dois termos. Embora o outsourcing possa ser um tipo de terceirização, há diferenças conceituais.

No outsourcing a contratação está relacionada a serviços que exigem alta qualificação

Além disso, seu principal objetivo é oferecer benefícios estruturais à empresa, como o suporte para a tomada de decisões estratégicas, a troca de experiências entre profissionais altamente qualificados para aumentar a eficiência do setor.

Já na terceirização, normalmente, a opção é a escolha para atividades mais práticas, como é o caso de serviços gerais, segurança, manobrista, jardinagem, etc. 

O objetivo principal da terceirização é a redução de custos, sobretudo aqueles referentes a encargos trabalhistas. 

Aproveite a visita e confira também:
👉 O Que é Salário Bruto e Qual a Diferença para o Salário Líquido?
👉 CBO: Veja o Que é e Para Que Serve Essa Classificação
👉 Desvio de Função: o Que é e Como Evitar?
👉 O que é Anywhere Work e Qual seu Impacto nas Empresas?
👉 Gaps de Competência: Como Identificar e Resolver?
👉 BPO: o Que É e Como Funciona o Business Process Outsourcing

Outsourcing x Insourcing

O Insourcing tem os mesmos objetivos do outsourcing, entretanto, utiliza a contratação direta de profissionais experientes e os mantém operando internamente, sem ter outra empresa por trás da contratação. 

A ideia é criar um departamento na própria empresa que atenderá às atividades-meio. 

Os principais benefícios do insourcing são:

  • possuir domínio de todos os processos da empresa;
  • aumentar a vantagem competitiva;
  • controlar melhor o tempo e os recursos da empresa.

Como lidar com o outsourcing?

Existem algumas modalidades de outsourcing possíveis, sendo também possível adotar mais de uma categoria. 

Vejam quais são.

Pelo tipo de serviço realizado

É quando a organização contratante busca empresas especialistas em uma determinada área, que prestam especificamente o serviço necessário para o negócio. 

Esse modelo pode ser a opção para diversas áreas, como você verá ao longo desse conteúdo. 

Por modelo de contratação

Dependendo da atividade contratada, é possível formar uma parceria flexível com a empresa de outsourcing, variando a demanda de serviços a cada mês. 

Nesse tipo de contrato o valor a ser pago é adaptado de acordo com a quantidade de trabalho a ser realizada. 

Contratação por plano

Nesse modalidade, a empresa contratante paga mensalmente um valor fixo e tem acesso a recursos e profissionais limitados, de acordo com o que foi definido na adesão.

Esse costuma ser um modelo menos flexível, sendo possível, entretanto, aumentar o valor do plano e modificar a oferta de serviços.

Pela localidade da empresa

No modelo onshore, a empresa contratada é localizada no mesmo país da contratante. 

Já no modelo offshore, a contratada é estrangeira. Alguns países oferecem incentivos fiscais que tornam a mão de obra qualificada muito mais barata. 

Vantagens do outsourcing

Deu para ter uma clareza sobre como esse recurso é usado pelas empresas, certo? Mas, ele traz alguns benefícios que justificam ainda mais o seu sucesso. 

Veja alguns.

Experiência

Com a transformação digital, as mudanças surgem a todo o momento nas mais diversas áreas do mercado.

Também é muito difícil manter seus profissionais atualizados em todos os segmentos da empresa, principalmente naqueles que não são a atividade-fim.

Contar com o outsourcing significa que a sua empresa terá profissionais especializados no segmento de atuação contratado que poderão solucionar problemas. 

Esses profissionais estão normalmente atualizados com as novidades do mercado e podem ajudar bastante a empresa com novas ideias e inovações. 

Redução de custos operacionais

Ainda que não seja o seu objetivo principal, na prática, a contratante também percebe uma redução nos custos.

Isso porque as despesas trabalhistas, de treinamentos, recrutamento e seleção e até mesmo de aquisição de equipamento ficam por conta da contratada.

Ao longo do tempo, a empresa percebe enormes vantagens financeiras com a redução dessas despesas. 

Aumento da produtividade

Com a expertise dos profissionais contratados, os serviços prestados tornam-se altamente eficientes. 

Isso porque cada colaborador poderá trabalhar com aquilo que lhe compete, o que, normalmente, está alinhado com a sua área de conhecimento.

Sem esquecer de mencionar que a troca de conhecimento com a empresa de outsourcing aumentará ainda mais o desempenho das atividades, melhorando a eficiência e, claro, a produtividade.

Essa também será uma preocupação da empresa contratada, já que a produtividade deve ser uma de suas metas. 

Foco no core business

Como você leu, a principal diferença entre terceirização e outsourcing está entre os tipos de serviço direcionado às empresas.

A de outsourcing estará mais focada no core business do negócio, dando opções para uma tomada de decisão mais direcionada ao crescimento do empreendimento. 

Essa empresa estará dedicada a melhorar o desempenho da contratante, que colherá os frutos que possibilitará, inclusive, a escalabilidade

Escalabilidade e flexibilidade

Com as constantes mudanças do mercado e necessidade de adaptar o negócio rapidamente, o outsourcing traz essa flexibilidade à empresa.

A empresa contratante ganha tranquilidade para adaptar as soluções ao volume do negócio, bastando renegociar com a empresa contratada o aumento ou a redução dos serviços oferecidos.

Isso evita custos trabalhistas e estruturais, além de proporcionar muito mais agilidade para se adaptar às oscilações do mercado.

Aumento da vantagem competitiva

Redução de custos operacionais, o acesso à experiência profissional qualificada e aumentar a produtividade.

Esses aspectos geram vantagens competitivas em relação às outras empresas do mesmo segmento de atuação. 

Processos padronizados

Com o domínio sobre os serviços contratados, a empresa de outsourcing consegue planejar e desenvolver os processos de maneira mais otimizada e padronizada, cumprindo as melhores práticas do mercado.

Além disso, pode mensurar e analisar os resultados de suas ações, demonstrando os dados para a contratante.

Desvantagens do outsourcing

Ainda que seja um importante suporte para a empresa contratante, o outsourcing possui algumas desvantagens que necessitam ter atenção. 

Veja quais são.

Menor controle 

A empresa que contrata os serviços de outsourcing precisa ter atenção para não se afastar completamente dos processos desenvolvidos externamente. 

É importante manter-se ciente e no controle dessas atividades sempre para evitar se tornar dependente da contratada.

Integração de sistemas 

Um dos possíveis problemas do outsourcing, que pode ser remediado com um alinhamento logo no início da contratação, é a integração entre sistemas, práticas e métodos utilizados pelas partes. 

Algumas vezes, será preciso que a empresa se adéque a um padrão do mercado, outras vezes, a contratada deverá se adequar às demandas do contratante.

KIT de Gestão de Pessoas 2021

Nos dois casos, pode haver dificuldades nessa integração. Por isso, é fundamental um alinhamento prévio. 

Conhecimento sobre o negócio

Os profissionais contratados no outsourcing são especialistas em suas áreas de trabalho, mas não terão expertise no negócio do contratante. 

Dependendo do caso, podem acontecer problemas no momento de planejar projetos, mas que também podem ser resolvidos com uma boa análise. 

Menos dedicação ao negócio

O outsourcing não utiliza funcionários da empresa contratante, por isso, pode haver menos motivação e dedicação ao negócio do que se o colaborador. 

Mas, com um bom trabalho de gestão de pessoas, é possível evitar esse problema. 

Segurança

Um dos principais problemas do outsourcing está relacionado à segurança das informações, já que será necessário dar acesso a terceiros aos dados da empresa. 

Contar com práticas atualizadas de acesso e segurança minimiza esses riscos. 

Exemplos de outsourcing

Diversos setores podem aproveitar a experiência do outsourcing. 

Todos com grande valor estratégico e exigem conhecimento e expertise para alcançar os melhores resultados. 

Tecnologia da informação 

Uma das principais áreas de serviços de outsourcing, justamente por ser muito específica e complexa. 

Em geral, empresas que não têm como atividade-fim serviços de tecnologia, optam por contratar o outsourcing nessa área para garantir os melhores profissionais e estrutura sem ter que se preocupar com a criação e manutenção dessa área.  

Contabilidade

Esse é outro segmento muito comum para serviços de outsourcing e que toda a empresa necessita.

Por ser uma área em constante atualização, o melhor é contar com profissionais com know how e qualidade.

Hoje muitas startups já conseguem oferecer seus serviços com preços bem competitivos. 

Jurídico

Assim como a contabilidade, a área de direito também exige treinamentos e atualizações constantes sobre as leis vigentes. 

Com o outsourcing, o jurídico da empresa se mantém sempre alinhado com o que a legislação traz de mais novo. 

Marketing

O Marketing é um setor estratégico para a empresa, mas exige profissionais qualificados para planejar, organizar e executar campanhas de divulgação. 

Em geral, manter uma equipe competente de marketing exige um alto investimento. 

Com o outsourcing é possível contar com os melhores profissionais, sem precisar investir tanto. 

Atendimento ao cliente

O atendimento ao cliente realizado por centrais telefônicas se torna muito mais eficiente e pode ser desenvolvido com o outsourcing. 

Esse serviço ainda pode ser integrado com outros canais como chats e as redes sociais. 

Recursos humanos

A área de recursos humanos possui muitos processos burocráticos, como os processos de rescisão de contratos, geração de folha de pagamento, entre outros. 

O outsourcing consegue auxiliar a empresa nessas tarefas e assim permitir que a equipe possa se concentrar em atividades mais estratégicas. 

Como, por exemplo, a identificação de gaps de competências, ou a identificação de high potentials.

Como implementar o outsourcing na empresa?

Com o que você leu até aqui, já deu para perceber como o Outsourcing pode contribuir para a sua empresa. 

Mas, como implementar? Preparamos esse guia com 5 passos. 

1. Avalie a sua empresa

O primeiro passo para a implementação do outsourcing na empresa é realizar um estudo interno.

Isso ajuda a identificar quais são as atividades-chave e aquelas outras passíveis de transferência para outros especialistas. 

O core business não deve ser delegado, devido a grande responsabilidade e por exigir habilidades e conhecimentos que a própria empresa precisa reter. 

Entretanto, tarefas complementares – que não possuam vinculação com a atividade-fim da empresa – podem ser transferidas para especialistas. 

Identificar quais são elas é fundamental. 

Outro ponto importante nessa etapa é mapear os objetivos desejados com a contratação. 

2. Pesquise os possíveis fornecedores

O passo seguinte é iniciar a pesquisa de fornecedores, que deve ser criteriosa. 

Analise sempre as referências do mercado e busque compreender se os valores estão alinhados com o que a sua empresa possui e deseja manter.

3. Seleção e contrato

Após encontrar a empresa que se encaixa nos seus objetivos, é a hora de negociar o modelo de trabalho e o tipo de contratação.

Analise as opções e verifique o custo-benefício, relacionando o valor a ser pago com os serviços oferecidos pela empresa de outsourcing. 

4. Integração da equipe e de sistemas

Como você leu ainda há pouco, a falta de alinhamento inicial pode desencadear uma série de desvantagens na contratação de uma outsourcing. 

Portanto, trabalhe na integração entre os profissionais externos e a sua equipe interna. Bem como verifique processos já estabelecidos, analisando a necessidade de adaptações. 

5. Análise dos resultados

Você também já pôde conferir que é fundamental que a empresa contratante mantenha controle sobre as atividades desenvolvidas pela contratada, não se afastando do trabalho.

Essa etapa é fundamental para analisar se os objetivos são alcançados conforme as expectativas na contratação.

Também é importante considerar que toda parceria pode precisar de ajustes iniciais. Portanto, use métricas e indicativos para saber se seus resultados são os mais adequados. 

O que é outsourcing de RH

A transformação digital revolucionou todas as empresas e os mais diversos setores também, inclusive o de RH, que gerencia as equipes e recursos dos negócios. 

O outsourcing de RH é justamente a busca por empresas parceiras que possam facilitar a rotina dos gestores e colaboradores de RH da organização, simplificando processos. 

Um exemplo desse tipo de serviço é a utilização de um software, como o aplicativo de controle de ponto Tangerino.

O Tangerino permite que os registros de entrada e saída sejam feitos por smartphones ou tablets dos funcionários e o gestor recebe, em tempo real, todas as atualizações.

As informações sobre a jornada de cada colaborador, incluindo variáveis como atrasos ou jornadas extraordinárias são disponibilizadas para facilitar o cálculo de salário. 

Dessa maneira, a ferramenta contribui para desafogar a rotina do Departamento Pessoal. 

Ficou interessado por controle de ponto do Tangerino? Confira algumas vantagens dessa solução:

Por que o outsourcing do RH é atraente para as empresas?

Diversas empresas já estão percebendo os benefícios específicos proporcionados pela adoção do outsourcing no setor de RH das empresas. 

Mas, quais são eles? Descubra agora. 

Redução de custos

Alguns processos podem ser delegados para empresas especialistas nesse segmento. 

Como, por exemplo, tarefas que demandam recursos de tempo e atenção, como recrutamento e seleção, treinamentos internos e até mesmo o controle de ponto eletrônico.

Quando colocado na ponta do lápis, os investimentos de contratação da empresa de outsourcing são bem menores do que a responsabilidade e os custos de manter uma equipe disponível para gerenciar esses processos. 

Dessa forma, a redução de custos é um dos primeiros benefícios do outsourcing de RH para a empresa

Diminuição de erros

As atividades desenvolvidas pelo RH são bem burocráticas e críticas, fazendo com que erros sejam cometidos, causando graves danos à empresa e aos empregados.

Quando a empresa opta por delegar essas funções para profissionais especializados, que utilizam recursos tecnológicos mais atualizados, os riscos de cometer erros são minimizados.

Personalização de serviços

A empresa contratada para realizar os serviços de outsourcing em RH oferecerá profissionais capacitados, que conseguem criar estratégias atualizadas e personalizadas de crescimento, para ampliar os resultados da organização contratante. 

Esses materiais ricos podem ajudar muito no seu RH. Confira!
📚 Recrutamento Inteligente: como os algoritmos podem colaborar com o seu processo seletivo?
📚 Descubra como garantir a segurança dos colaboradores na volta ao escritório
📚 Bem-estar no trabalho: como garantir um ambiente saudável e aumentar o lucro da empresa
📚 EMPLOYER BRANDING: Veja como cultivar sua marca empregadora e atrair os melhores talentos!

Como você pôde ver, ​​​​​​o outsourcing de RH oferece muitas vantagens competitivas para as empresas, como economia, aumento de foco, produtividade e qualidade nos serviços prestados. 

Esses fatores favorecem a criação de uma setor de RH mais estratégico, alinhado às tendências de mercado desse segmento, proporcionando à empresa muito mais resultados e crescimento exponencial. 

Quer saber mais sobre o RH Estratégico e sobre como melhorar os processos na sua empresa? Então aproveite também o texto do link!

Faça um teste Grátis

Deixe um comentário