Reduza seu custo operacional com as dicas do Tangerino!

Ter uma empresa competitiva e que gere bons resultados passa pelo controle do custo operacional. E não há setor mais adequado para começar essa redução do que o departamento de RH.

Evitar desperdícios, engajar o time de funcionários, diminuir a rotatividade e otimizar processos são algumas das maneiras de fazer com que o custo operacional diminua.

Quer saber como implementar isso em sua organização? Vamos lá!

1. Elimine o desperdício

O corte de desperdícios deve haver quando isso não impactar diretamente na produtividade do trabalho individual ou o desempenho geral da empresa. Assim, nada de olhar para os programas de qualidade de vida ou bonificações como potenciais ameaças, essas podem ser justamente formas de melhorar o trabalho na empresa.

Por outro lado, existem muitos outros custos pouco considerados e que podem gerar bastante desperdício. Uso de copos descartáveis, quantidade excessiva de ramais e aparelhos em stand-by são alguns dos exemplos. Parece pouco? Saiba que a primeira medida pode gerar uma economia de mais de 5 mil reais anuais para uma empresa com 100 funcionários!  

2. Tenha controle da eficiência dos colaboradores

O controle de produtividade passa pela adoção dos indicadores certos — tempo para cumprir tarefas, recursos utilizados por tarefa executada, por exemplo. Com o acompanhamento destes e outros indicadores, é possível saber quais processos demandam ajustes e otimizações.

A produtividade do trabalhador impacta diretamente no rendimento da empresa. Independentemente se estamos falando do setor de produtos ou serviços, sem medir, fica impossível realizar qualquer tipo de análise. Como consequência, as decisões acabam sendo tomadas sem uma sólida base em dados.

3. Veja a possibilidade de mudar o sistema de tributação

Existem quatro tipos diferentes de regimes de tributação, cada um adequado para um tipo de empresa. A mudança de um regime para o outro pode impactar muito no custo operacional da empresa.

Empresas que adotam o Simples Nacional, por exemplo, estão isentas de pagar determinados tipos de encargos trabalhistas. Com isso, reduz-se o custo de um funcionário (que pode, muitas vezes chegar a 70% do salário real do trabalhador!).

4. Invista na assertividade da contratação

Os custos de admissão e demissão são altíssimos. Uma forma de minimizá-los é apostando em uma contratação assertiva, que atraia talentos e pessoas com o perfil adequado para a empresa. Igualmente, fornecer as melhores ferramentas de RH para os gestores também contribui para uma diminuir o custo operacional.

5. Implemente soluções que otimizem processos

Ficar envolto em tarefas burocráticas ou fazê-las de modo pouco eficiente é uma das razões pelos quais erros humanos acontecem. Um exemplo deles é a ausência de pagamento de horas extras, dentre outros.

Para evitar isso, vale contar com o ferramentas tecnológicas que realizam trabalhos rotineiros, como o controle de ponto, de forma automatizada e inteligente.

Sistemas de controle de ponto digital permitem o acompanhamento em tempo real da marcação de ponto, facilitando o controle de horas extras, atrasos, faltas, jornada de trabalho, além de possuir integração com a folha de pagamento.

Quer conhecer outras vantagens do controle de ponto online? Teste o Tangerino grátis!

teste grátis 14 dias