Redes sociais corporativas: a verdade que não te contaram

Você já ouviu falar em redes sociais corporativas? Elas entraram em debate no RH das empresas como uma forma de aumentar o engajamento dos colaboradores. Mas será que sua empresa realmente precisa de uma?

Neste artigo você vai conhecer todas as verdades sobre elas: como surgiram, benefícios, cuidados e como convencer seu chefe que sua empresa precisa dela.

Redes Sociais Corporativas: por que e onde surgiram?

Não há como falar de redes sociais corporativas sem falar em redes sociais pessoais. Certamente, no Brasil as redes sociais pessoais mais famosas são:

  • Facebook;
  •  Instagram;
  • Twitter.

Mas, a primeira rede social a fazer sucesso aqui foi o Orkut, em 2004. A rede chegou a ter 80 milhões de usuários ativos no país e, desde o surgimento até o seu final em 2014, estima-se que por lá foram trocadas mais de 1 bilhão de mensagens.

Origem das redes sociais - orkut

O engajamento dos usuários foi tão grande que em 2008 a empresa decidiu mudar sua operação da Califórnia para o Brasil, passando a ser operada pelo Google.

Se você viveu aquela época, certamente se lembra do boom das lan houses (lugares onde era possível usar um computador com internet pagando por hora). Não raras vezes, ao passar por esses estabelecimentos, era possível ver uma boa quantidade de jovens navegando pelos feeds do Orkut.

nascimento das redes sociais corporativas

Redes sociais corporativas e redes sociais pessoais

Ok, mas qual relação das redes sociais corporativas com redes sociais pessoais?

Redes sociais corporativas são uma forma de simular nas empresas o mesmo engajamento que as pessoas têm em redes sociais pessoais.

Você já passou um dia sem conferir sua rede social favorita? Se já experimentou, deve ter percebido que no dia seguinte parece que você ficou sem acessá-la por uma semana.

Segundo o estudo Digital in 2018 da We Are Social com a plataforma Hootsuite, o brasileiro passa, em média, 3 horas e 39 minutos todos os dias em redes sociais ー isso representa cerca de 30% do horário comercial.

Impressionante, concorda?

Agora faz sentido para você que as empresas desejem que os colaboradores tenham o mesmo engajamento para assuntos corporativos?

Benefícios das redes sociais corporativas para sua empresa

Uma vez que você entendeu que um dos principais objetivos das redes sociais corporativas é gerar engajamento entre os colaboradores, agora podemos  falar dos benefícios que ela pode trazer para sua empresa.

Saber o que está acontecendo em tempo real

Pode parecer óbvio, mas imagine que você tenha colaboradores que trabalham fora da empresa ou estão em meio a uma atividade importante. Basta que consulte a notificação do celular para ficar por dentro do que está acontecendo com a empresa e com seus colegas. E por falar em colega…

Interagir com outros colaboradores 

Uma das grandes vantagens das redes sociais corporativas é criar um ambiente para que colaboradores conversem e compartilhem conhecimento. Deste modo, além de ajudar no relacionamento entre funcionários, contribui para o aumento de produtividade, visto que o colaborador pode encontrar facilmente uma informação para completar tarefas.

Você terá canal de escuta entre os colaboradores

Já tentou descobrir o que realmente seus colaboradores querem?

O CEO da Telstra – uma das maiores empresas de telecomunicação da Austrália, fez a seguinte pergunta na rede social corporativa: Qual processo e tecnologia devemos eliminar da empresa?

A pergunta teve mais de 700 respostas apenas na primeira hora e levou o CEO imediatamente a ter uma visão geral do que não estava funcionando na empresa. Além disso, o CEO e os diretores interagiram ativamente com as pessoas que responderam, inspirando outros colaboradores a fazerem o mesmo.

Redes sociais corporativas e as tendências de RH 

Além de ser um ambiente para gerar engajamento, conversas entre os colaboradores e um canal de escuta para líderes; as redes sociais corporativas podem contribuir para aplicar tendências de RH. Veja:

Senso de pertencimento

Quem não fica feliz sabendo que faz parte de um grupo e que sua presença é valorizada? As redes sociais corporativas criam ambientes digitais onde é possível pedir opinião dos colaboradores, como:

  •  Qual tipo de benefício você gostaria de receber ao bater a meta?
  • O que você acha sobre a nova política para o RH?
  •  O que faria para melhorar o seu ambiente de trabalho?

De acordo com um estudo da Workhuman, 83% dos colaboradores reportam uma experiência positiva ao reconhecerem que suas ideias e opiniões são válidas.

WorkTrends 2016 - IBMWorkhuman

Diversidade

“Informação é a melhor ferramenta para combater a discriminação”, é o que disse Katya Silva, consultoria de diversidade e inclusão da Talento Incluir na 26º edição do Happy Hour RH, cujo tema era Diversidade nas Empresas.

Apesar de parecer novo, diversidade já é um tema defendido há anos por consultorias como a EmpregueAfro, que começou captando jovens negros para processos seletivos há 15 anos e atualmente presta consultoria para empresas que demanda serviços de recrutamento e seleção.

Redes sociais corporativas podem ajudar times de comunicação a compartilhar informações sobre diversidade, como: histórias, você sabia e quizzes. Desta forma, é possível aumentar o nível de consciência dos colaboradores e prepará-los para receber e conviver uns com os outros.

Será que a rede social corporativa vai funcionar na minha empresa?

Imagino que durante a leitura você já deva ter se perguntado se a rede social corporativa vai funcionar na sua empresa. Talvez essas perguntas ainda estejam na sua cabeça:

  • Acho que meu público não vai conseguir usar, pois não estão familiarizados com a tecnologia;
  • O que devo fazer para eles usarem?
  • Como vender a rede social corporativa para a diretoria da empresa?
  • Já tenho intranet, preciso de uma rede social corporativa?
  • Quais cuidados devo ter para os colaboradores não postarem qualquer tipo de conteúdo?

A partir de agora vamos te ajudar a responder essas perguntas!

Meu público não está habituado a tecnologia

Responder a essas perguntas também é dizer algumas verdades sobre redes sociais corporativas. Sendo assim, a resposta direta seria: realmente, a rede social corporativa não pode funcionar para o seu público.

Todavia, voltando para o início onde comentei sobre as redes sociais corporativas serem um reflexo da rede social pessoal, a pergunta é: qual é o perfil do público que utiliza as redes sociais?

Se você pensou em pessoas entre 19 a mais 60 anos, com escolaridade fundamental incompleto a superior completo, acertou. Isso é que aponta o Social Media Trends 2019 ー estudo anual da Rock Content que analisa o perfil e comportamento de usuários nas principais Redes Sociais Brasileiras.

Social Media Trends 2019 - Rock Content

Então, o que faz a maioria das pessoas utilizar redes sociais, seja corporativa ou pessoal, é o estímulo que elas recebem. Ou seja, se sua dúvida é entender se a rede social corporativa vai funcionar na sua empresa, mude a pergunta para: O que vou fazer para estimular meus colaboradores utilizarem a rede social corporativa?

Para te ajudar com este assunto, leia um ótimo artigo da Harvard Business Review; Why No One Uses the Corporate Social Network (Por que ninguém utiliza a rede social corporativa).

Como vender a rede social corporativa para o meu chefe?

Ótimo, se você está convencido de que rede social corporativa vai elevar o nível de engajamento da sua empresa, o próximo passo é convencer seu chefe, certo? Então, continue a leitura porque você não vai querer perder a melhor dica do artigo.

Se o executivo não visualizar ganhos de colaboração e engajamento com a rede social corporativa para ele próprio, logo os colaboradores também não verão.

Neste caso a mensagem é simples: para executivos, primeiro você precisa mostrar ganhos reais da rede social corporativa e então usá-los como referência para inspirar outros colaboradores.

Ok, mas como?

Quando uma rede com mais de 450 restaurantes lançou um novo prato no cardápio, teve rejeição imediata dos clientes. As críticas vieram e chegaram aos gerentes, que começaram a conversar na rede social corporativa sobre maneiras de ajustar a receita do novo prato.

Logo a conversa chegou aos executivos da rede e, uma semana depois, o restaurante já tinha uma versão aprimorada do prato. Antes, esse processo levaria entre 12 a 18 meses ー comenta Chris Laping, CIO da Red Robin.

Esse é o tipo de ganho que os executivos podem esperar de uma rede social corporativa.

A capacidade de ouvir colaboradores e coletar feedbacks que recebem de clientes, pode gerar ideias para tomada de decisão que antes consumiria mais tempo e energia.

Já tenho uma Intranet, preciso de uma rede social corporativa?

Intranet x rede social corporativa

Essa pergunta é comum, afinal, ambos são canais de comunicação interna. Normalmente, intranets corporativas são consideradas canais de comunicação unilateral, ou seja, uma mensagem da empresa é encaminhada aos colaboradores, e esses apenas a recebem, não podem comentá-la. Entretanto, intranets corporativas modernas já não são mais assim.

Elas permitem que o colaborador crie e compartilhe seu próprio conteúdo, além de deixar que ele interaja com likes e comentários em posts da equipe de comunicação, assim como já faz nas redes sociais convencionais.

Parece que são a mesma coisa, então qual é a real diferença?

A diferença é o tipo de conteúdo postado. Redes sociais corporativas tendem a ter o conteúdo que estimule conversas entre os colaboradores, já a Intranet Corporativa é mais utilizada para informações internas.

Para ficar mais claro, vou dar um exemplo: você acha que conteúdos como: documentos, políticas e compliance seriam postados em qual dos dois canais? 

Provavelmente na Intranet.

Se você pensou na rede social corporativa, volte na analogia das redes sociais pessoais. Se esse tipo de conteúdo estivesse no seu Instagram, você se sentiria estimulado a interagir comentando e compartilhando?

Certo, mas terei que investir em duas ferramentas para ter todos os benefícios?

Na verdade, não. Redes sociais corporativas como o Yammer podem ser integradas facilmente com sistemas como a Intranet Fast, pois ambas são feitas com a mesma tecnologia: Office 365 da Microsoft.

Licenças corporativas do Office 365 (aquela mesma que te permite usar o Outlook, Word e Excel) normalmente já vem com o Yammer dentro do pacote, por essa razão, você não precisa investir duas vezes para aproveitar o melhor dos dois canais de comunicação.

Quais cuidados devo tomar para o colaborador não postar qualquer conteúdo?

Um dos assuntos mais delicados, pois envolve um dilema:

  • Criar regras, estabelecer limites de qual tipo de conteúdo serão ou não aceitos;
  •  Essas mesmas regras podem desestimular o colaborador a interagir.

Como resolver?

O equilíbrio neste caso é a melhor saída. Em uma rede social pessoal, você pode compartilhar qualquer coisa? Certamente, não. Inclusive, a maioria delas contam com tecnologias que rastreiam conteúdos impróprios e podem excluí-los automaticamente e, dependendo do caso, o próprio usuário pode ser banido.

regras de publicação

Figura 6 Reprodução / Facebook

Criar regras mínimas é saudável para qualquer tipo de rede social corporativa, mas o segredo de ouro está em como divulgá-las.

As pessoas tendem a assimilar melhor as regras de conduta quando elas já estão inclusas na própria plataforma, ou seja, não há uma pessoa dizendo o que pode ou não ser feito.

Algum funcionário da sua rede social já te mandou uma mensagem dizendo que tipo de conteúdo você pode postar?

Normalmente, essas regras estão nos termos de aceite, notificações dentro da plataforma e em bloqueios automáticos. Dentro desse ambiente as pessoas acabam construindo de forma natural a identidade da rede social corporativa.

Sendo assim, opte por redes sociais corporativas onde possam ser incluídas regras de conduta na própria plataforma.

Alerta: essa não é uma regra universal. Você pode testar qual modelo fará mais sentido para sua empresa!

Gostou do conteúdo? Ele foi oferecido pela SimbioX, empresa que há mais de 10 anos tem ajudado outras empresas a melhorar a performance em comunicação interna, rotinas de RH e gestão de documentos.

teste grátis 14 dias