Veja as Melhores Metodologias Ágeis para Gerir Seu Time de Desenvolvimento

As metodologias ágeis consistem em ferramentas que ajudam a organizar o fluxo de trabalho, tornando os processos internos mais eficientes e feitos em ciclos mais rápidos e efetivos.

Tempo de Leitura: 7 minutos

Última atualização em 13 de julho de 2021

Metodologias ágeis são ferramentas que ajudam a organizar o fluxo de trabalho, tornando os processos internos mais eficientes e feitos em ciclos mais rápidos. 

O seu conceito é antigo e nasceu com o manifesto ágil de 2001, que era exclusivamente direcionado ao tema do desenvolvimento de softwares.

De 2001 para cá, essa teoria mudou e seus processos melhoraram muito. Atualmente, existem diversos tipos de metodologias. Você pode até se perguntar qual delas é a melhor, mas a resposta seria: depende. 

É preciso conhecer e testar as melhores metodologias ágeis para entender qual se adapta ao seu time e ao seu modelo de negócio. Vamos conversar um pouco mais sobre isso? 

Conheça as melhores metodologias ágeis

Melhores metodologias ágeis

Conheça agora os conceitos e como funcionam as melhores metodologias ágeis utilizadas atualmente em times de desenvolvimento

Scrum

Você provavelmente já ouviu falar nesse método ágil. Ele é bastante utilizado nas empresas atualmente por dois motivos principais: ele se integra a outras metodologias ágeis, além de poder ser utilizado em qualquer gestão de projeto, sendo ele de desenvolvimento ou não. 

Desenvolvimento de lideranças

Nos times de desenvolvimento, o Scrum funciona baseando-se em alguns elementos principais: o backlog de produto, o backlog da sprint, a sprint e a sprint review. Funciona assim: 

  1. do Backlog do produto, a equipe escolhe quais funcionalidades entrarão nessa primeira sprint, fazendo a distribuição entre os membros do time;
  2. a Sprint é um período para ser realizado o que foi proposto, que dura no máximo 30 dias;
  3. ao final do período da Sprint, faz-se uma reunião para constatar as entregas e planejar a próxima Sprint;
  4. o ciclo se repete até o produto final estar pronto. 

Viu como o modelo pode ser facilmente readaptado para qualquer projeto? Os únicos casos em que o Scrum não é recomendado é para funcionários e times que possuem um trabalho recorrente. Ou seja, não se organizam por meio de projetos e sim por constância. 

Dica: você pode provar sua expertise nessa metodologia tirando o certificado Professional Scrum Master, do Scrum Org. Esse é o certificado mais valorizado no mundo para essa categoria.

eXtreme Programming (XP)  

Esse talvez seja o método ágil mais bem delimitado que existe atualmente. Ele foi criado em meados da década de 90 e define três principais esferas do desenvolvimento de softwares: os pilares da metodologia, um contrato de comportamentos e atitudes, e as melhores práticas de trabalho. Vamos conhecer quais são elas? 

Os três pilares que vão direcionar a gestão do projeto são muito simples: prezar pela agilidade no desenvolvimento da solução, enquanto economiza recursos possíveis, sem prejudicar a qualidade do produto final. 

Mas, para fazer isso, você precisa firmar na equipe o contrato de comportamentos e atitudes. 

Resumidamente, você deve ensinar a equipe a ser comunicativa, prezar pela simplicidade, ter uma cultura de feedback, estimular a coragem de testar ideias novas e, acima de tudo, ter respeito pelos colegas de trabalho. 

Por fim, existem as melhores práticas de trabalho, que não precisam ser seguidas à risca, mas suas ideias podem ajudar muito a estruturar um processo de desenvolvimento ágil. Confira: 

  • ter um cliente que esteja à disposição para lidar e entender o projeto; 
  • usar metáforas ao falar do processo de desenvolvimento para leigos; 
  • ter reuniões constantes de planejamento e conexão do time; 
  • incluir mudanças incrementais no planejamento desde o início; 
  • dividir a entrega do projeto em pequenas entregas ao cliente; 
  • prezar sempre pelo que é simples e funcional, tanto na linguagem quanto no design; 
  • fazer testes de aceitação e pensar na melhoria contínua. 

Aproveite que está por aqui e confira também:
👉 Programa 5S: entendendo e aplicando essa estratégia
👉 Quais os benefícios do Agile Marketing no contexto atual?
👉 Conheça 3 metodologias ágeis para aplicar no trabalho remoto
👉 Entenda o que é Kanban e veja como adotar na gestão de equipes e projetos

eBook: Guia Prático sobre Comunicação Interna

Scale Agile Framework (SAFe)

O Scale Agile Framework, ou SAFe, não é exatamente uma metodologia ágil. Ele é uma ferramenta que a ajuda a potencializar uma metodologia ágil e permite que ela seja aplicada em contextos maiores e mais complexos do que ela foi inicialmente projetada para ser. 

Imagine uma empresa em que possui 500 funcionários ou mais e que esse quadro seja composto 80% por desenvolvedores. 

Com certeza esses desenvolvedores são divididos em grupos e dentro deles são utilizadas metodologias ágeis. 

No entanto, como esses grupos se comunicam? Como eles podem construir um trabalho coeso juntos? Simples, com os princípios do SAFe, que são: 

  • utilizar as mesmas metodologias ágeis dentre os subgrupos de desenvolvimento e entender diretamente com o colaborador quando o resultado não é entregue e o porquê de não ter sido entregue; 
  • fazer uma análise interna identificando os principais erros cometidos pelas equipes e contratar mentores e líderes que saibam resolver isso; 
  • periodicamente avaliar as entregas relacionadas ao produto, bem como os exercícios relacionados ao negócio com os líderes da organização; 
  • alinhar o planejamento estratégico diretamente com os backlogs de produto para impulsionar e garantir a prosperidade do negócio. 

Microsoft Solutions Framework (MSF)

O conceito de aplicação aqui é quase o contrário do SAFe. Enquanto o SAFe é utilizado em situações macro, o MSF é ideal para times que sejam reduzidos e que enfrentam diariamente as dificuldades desse contexto. 

Assim como no Scrum, o MSF pode ser aplicado em qualquer setor, uma vez que diz respeito mais à gestão do projeto do que ao desenvolvimento. O Microsoft Solutions Framework trabalha com premissas e melhores práticas. 

As premissas são básicas e bem lógicas: partir de um escopo estruturado e bem detalhado, seguir os princípios do desenvolvimento iterativo, trabalhar à favor do gerenciamento de riscos e ter agilidade na resposta às mudanças. 

Vamos dar uma olhada agora nas melhores práticas dessa metodologia:

  • comunicação clara entre os envolvidos para promover uma visão compartilhada do projeto e do negócio; 
  • clara distribuição de responsabilidades desde o início do projeto; 
  • manutenção da qualidade das entregas tendo flexibilidade para mudar quando necessário; 
  • aprendizado constante para fazer entregas incrementais.

Metodologias bônus!

Vamos falar agora brevemente de duas das melhores metodologias ágeis e mais conhecidas pelo mercado. Elas podem te ajudar bastante a ter insights para uma boa gestão do seu time. Veja!

  • Kanban: assim como o Scrum e o MSF, serve para qualquer gerenciamento de projeto. Basicamente, ele consiste em trabalhar com quadros de três colunas, que mostram o que tem que ser feito, o que está em andamento e o que já foi entregue. 
  • Agile Squad: famosa metodologia já amplamente utilizada, que ficou famosa depois que o Spotify divulgou utilizá-la. Ela é ótima para trabalhar com grandes times, pois faz essa divisão de forma bem simples e também muito eficiente. 

Dicas para utilizar melhor as metodologias ágeis

As melhores ferramentas de gerenciamento de projetos do mercado não funcionarão se você esperar que o seu time desenvolva tudo do zero, mesmo elementos que não estão diretamente relacionados ao seu core business. 

Para extrair o melhor das metodologias ágeis no desenvolvimento, você precisa ter muito foco.

Esse, com certeza, é um dos maiores erros da gestão de times de programação: ficar preso em algo que não é relacionado ao core business e deixar de lado aquilo que realmente gera valor para o cliente final. 

Por isso, a habilidade de saber priorizar e entender quando é hora de contratar um fornecedor é essencial. 

Então, gostou de conhecer as melhores metodologias ágeis? Compartilhe estas dicas com alguém que também possa gostar! Ficou alguma dúvida? Deixei nos comentários, será um prazer te responder. 

Este artigo foi escrito pela eNotas, a melhor experiência em automação de nota fiscal da galáxia. 

Faça um teste Grátis

Deixe um comentário