Treinamento Comportamental: Veja as Melhores Dicas Para Implementar na Empresa

O treinamento comportamental desenvolve habilidades de socialização e de autoconhecimento nos colaboradores de uma empresa com o objetivo de melhorar o clima organizacional e aumentar a produtividade.

Tempo de Leitura: 12 minutos

Última atualização em 29 de janeiro de 2021

Para se manter competitivo no mercado atual, o treinamento comportamental dos colaboradores é uma prática imprescindível. Afinal de contas, saem na frente as empresas que tiverem a força de trabalho mais qualificada.

Quando falamos sobre qualificação, é normal que venha imediatamente à cabeça as hard skills, que são os conhecimentos técnicos. 

Contudo, a convivência social dentro da empresa também é importante — e  independentemente da quantidade de colaboradores, comunicação é primordial.

Sendo assim, neste artigo trataremos do desenvolvimento de relacionamentos interpessoais no ambiente empresarial com o objetivo de melhorar a comunicação e de desenvolver a inteligência emocional.

Quer compreender o que é desenvolvimento comportamental e como implementar isso em sua empresa? Continue lendo este texto!

O que é treinamento comportamental e qual a sua importância

O que é treinamento comportamental

O treinamento comportamental é um processo pelo qual são aperfeiçoadas as habilidades de socialização e de fomentação de relacionamentos interpessoais dos colaboradores de uma organização.

Trabalho remoto

Algumas das questões que deram gás às mudanças no setor de RH e direcionam as tendências para os próximos anos estão intimamente ligadas aos recursos humanos disponíveis — os colaboradores.

Existe uma expectativa gigantesca para que os indivíduos dentro de uma corporação consigam colaborar efetivamente entre si. 

Apesar dessa necessidade, fazer com que pessoas com personalidades muitas vezes heterogêneas se misturem não é fácil e requer muito esforço.

Apesar disso, uma equipe heterogênea é muito mais desejável do que pessoas que pensam da mesma forma e têm histórias similares. 

Afinal, somente com pessoas diferentes é possível ter diferentes pontos de vista.

Mas, como fazer com que essas pessoas completamente diferentes trabalhem juntas de forma efetiva?

Por meio de habilidades de comunicação e vida em sociedade. Ao contrário do que muitos pensam, nem todos trazem essa inteligência social de casa, e é justamente aqui que entra o treinamento comportamental.

Equipes trabalhando em conjunto e a competição do mercado

Do ponto de vista empresarial, um capital humano que não consegue trabalhar em conjunto para resolver problemas é, de alguma forma, inerte. 

O trabalho em equipe é o diferencial competitivo das organizações bem-sucedidas, um ponto-chave para qualquer empresa.

Em uma economia globalizada, precisamos ser capazes de enfrentar diversos desafios, e várias cabeças pensam muito melhor que uma, como já diz o ditado.

Precisamos fomentar uma força de trabalho esperta, ágil, empreendedora e mais disposta a assumir riscos para se destacar.

Os diversos treinamentos comportamentais permitem o desenvolvimento de habilidades sociais e representam um investimento precioso. 

Especialmente em grandes empresas que dependem quase que exclusivamente da capacidade de comunicação efetiva dos seus colaboradores.

Antes de continuarmos, que tal salvar conteúdos para conferir depois?
👉 Mapeamento comportamental: como implementar em sua empresa?
👉 Como usar a tecnologia para promover o aumento da produtividade?
👉 As principais tendências de gestão de pessoas para 2021
👉 RH tech: entenda mais sobre essa tendência nas empresas e sua importância

O treinamento comportamental é condicionamento?

Algo que pode gerar resistência dos colaboradores durante o treinamento comportamental é a ideia de que é uma “lavagem cerebral” ou condicionamento.

Essa é uma preocupação completamente válida, afinal de contas, a empresa que treina não é imparcial e tem uma agenda por trás desse investimento. 

Não somente, o treinamento é feito de acordo com a cultura organizacional da empresa.

Nesse sentido, cabe ao setor de RH acalmar esses pensamentos e transmitir o real objetivo por trás dos treinamentos comportamentais:

Cabe explicar que o objetivo é fazer com que o colaborador saiba processar suas emoções de forma saudável e equilibrada no ambiente do trabalho e oferecer suporte durante a sua jornada dentro da empresa.

Benefícios do treinamento comportamental

Benefícios do treinamento comportamental

Agora que você já compreende melhor o que é o treinamento comportamental, vamos adentrar os benefícios que ele traz para a empresa e para os próprios colaboradores. Acompanhe!

Desenvolvimento de hábitos mais profissionais

Qualquer pessoa que já tentou desenvolver um hábito saudável sabe que não é nada fácil. Hábitos profissionais seguem a mesma lógica.

Dessa forma, os treinamentos comportamentais são uma ótima maneira de demonstrar o que é uma postura profissional e estimular esse comportamento.

Hábitos mais profissionais são um dos grandes motivadores desse tipo de treinamento e convergem para os demais benefícios dessa estratégia.

Autoconhecimento

O autoconhecimento é a base para a inteligência emocional, afinal de contas, é necessário compreender os próprios padrões e emoções para fazer algo a respeito.

Um exemplo bastante claro disso é um indivíduo que tem um temperamento explosivo. 

Esse colaborador costuma ser a fonte de diversos problemas de convivência dentro da empresa.

Contudo, a partir do momento que ele reconhece o próprio padrão de comportamento, passa a ter poder sobre suas ações. 

Assim, em vez de “explodir” ao confrontar outro colaborador, pode optar por um caminho mais construtivo.

Mas o autoconhecimento vai além disso. Por exemplo, o funcionário pode perceber que tende a procrastinar bastante e mover as principais distrações para outro ambiente.

Melhora no clima organizacional

O clima organizacional é dependente da comunicação efetiva. Não tem para onde correr, se os colaboradores não são capazes de trocar informações e feedbacks sem gerar atrito, o clima pesa e todos perdem com isso.

Resolução de conflitos de forma eficiente também é outro ponto que beneficia o clima da empresa. 

A dissolução de conflitos bobos por meio da conversa e tolerância das diferenças é primordial para que qualquer equipe funcione bem.

Motivação através da valorização do profissional

Pense que você trabalha em uma empresa que está sempre dando a oportunidade de se melhorar pessoal e profissionalmente. 

Com certeza um dos sentimentos que surgem é o de completa valorização, não é mesmo?

Com a valorização e as possibilidades, naturalmente vem a motivação. Várias empresas falam e falam sobre a importância de motivar os funcionários, contudo, poucas investem em treinamentos e cursos.

Aqui, tanto a empresa quanto os colaboradores ganham por conta do aumento de produtividade natural e pela maior felicidade em trabalhar.

Fortalecimento do trabalho em equipe e melhoria da comunicação

O trabalho em equipe depende de uma boa comunicação entre os seus membros. Tornar uma equipe capacitada e eficiente não é uma tarefa fácil, muito pelo contrário, exige horas de conversa, cursos e treinamentos.

Sendo assim, uma equipe que consegue se comunicar de forma aberta, clara e objetiva faz com que a qualidade do trabalho entregue seja muito maior e, por conseguinte, a empresa tenha muito mais sucesso.

KIT de Gestão de Pessoas 2021

Redução do turnover

Com todos esses benefícios trazidos pelos treinamentos comportamentais, a taxa de turnover tende a diminuir bastante.

Os colaboradores tendem a querer ficar em empresas que nutrem um clima de trabalho em equipe e investem no aperfeiçoamento pessoal e profissional de seus funcionários.

Por si só, a retenção de talentos já é um ótimo motivo para investir na melhoria contínua de todos da empresa.

Os 5 principais treinamentos comportamentais para aplicar na sua empresa

principais treinamentos comportamentais

Há diversas habilidades que os colaboradores podem desenvolver para se destacar na empresa e conviver de forma mais amigável e eficiente.

Sendo assim, veja algumas ideias que você pode levar para a sua empresa e melhorar o clima organizacional.

1. Habilidades de comunicação interpessoal

Algo primordial dentro de qualquer empresa é a comunicação. Sem ela, as informações ficam estagnadas, os processos criam gargalos e os colaboradores não conseguem melhorar seus trabalhos.

É necessário comunicar para planejar estratégias, atender clientes, delegar tarefas, negociar prazos, passar feedbacks e muito mais.

Comunicar vai muito além de emitir informações, é necessário respeitar opiniões divergentes e ter uma postura condizente com o meio corporativo. 

Esse é um ingrediente necessário para empresas de alta performance e que entregam uma experiência do cliente sem igual.

2. Inteligência emocional

Inteligência emocional traduz a capacidade de um indivíduo compreender os próprios sentimentos de forma a desenvolver alguns pilares, como:

  • autorresponsabilidade: capacidade de assumir a responsabilidade pelo que acontece em sua vida;
  • compreensão das emoções: percepção dos próprios sentimentos e das pessoas ao redor;
  • gerenciamento das emoções: ciência da própria responsabilidade emocional;
  • atitude: tem a capacidade de tomar ações para melhor manejar suas emoções.

Ter um colaborador com todas essas características é algo muito raro. Isso porque inteligência emocional não é um assunto amplamente ensinado em nossa sociedade, sendo assim, nada melhor que desenvolver dentro da própria empresa.

3. Capacitação de lideranças

Ao contrário do que muitos pensam, as pessoas não nascem líderes natos. Mesmo aquelas pessoas que não se veem dessa forma podem desenvolver a habilidade de liderar efetivamente.

Esse treinamento é muito importante, afinal de contas, quem nunca teve aquele chefe que não sabia muito bem o que estava fazendo e descontava suas frustrações em seus colaboradores?

Líderes devem ser inspiradores, ter uma visão holística do time e sua importância para os objetivos da empresa e ainda saber comunicar suas ideias e expectativas.

Aparentemente não é uma tarefa muito fácil, não é? Mas nada que não possa florescer por meio de treinamentos e políticas de capacitação.

4. Gerenciamento de tempo

Quer seja visto com bons olhos ou não, uma empresa deseja que seus colaboradores sejam produtivos e saibam utilizar o seu tempo de forma efetiva.

Esse pode ser um verdadeiro problema na produtividade da empresa, pois poucos profissionais, em sua formação, aprendem como fazer isso. 

Estamos sempre focando em conhecimentos técnicos e deixamos as soft skills de lado.

Ao empoderar o indivíduo sobre a administração do próprio tempo, ele utilizará esse conhecimento para planejar-se de forma estratégica, identificar onde tem desperdiçado tempo e o que pode fazer para modificar isso.

Não somente, é uma ótima forma de exemplificar o que é procrastinação e apresentar um conceito de produtividade mais aquém do esperado pela corporação.

5. Como falar bem em público

Falar em público é algo bastante comum em qualquer empresa, seja em reuniões, apresentações ou até palestras.

Assim, segurança para falar em público é uma habilidade mais que necessária para se dar bem no meio empresarial.

Um treinamento para minimizar o medo de falar em público ou até mesmo a timidez é imprescindível. Além, claro, de muita prática!

O treinamento pode entrar aqui para ensinar a criar apresentações envolventes e também para dominar os sentimentos de insegurança.

Como elaborar um treinamento comportamental com os colaboradores

Como elaborar um treinamento comportamental

Antes de começar a fazer os treinamentos comportamentais com os colaboradores, é importante ter uma ideia clara do que se deseja alcançar com as ações.

Para te ajudar nessa empreitada, deixamos o passo a passo de como planejar um treinamento comportamental de forma efetiva.

Conheça o perfil dos seus colaboradores

É importante compreender a fundo quem são os seus colaboradores a fim de oferecer os temas para treinamentos comportamentais mais coerentes.

Alguns treinamentos ainda devem ser ministrados para todos os colaboradores com o objetivo de disseminar a cultura organizacional, por exemplo. 

Quando se trata de problemas mais específicos, é interessante treinamentos a fim de solucionar tais problemáticas.

A identificação dos perfis pode ser feita por meio de questionários, entrevistas e até mesmo dinâmicas em grupo.

É nesse momento que as características que precisam ser melhoradas são identificadas. 

Alguns exemplos são: falta de pontualidade ou baixa assiduidade, falta de organização, temperamento explosivo etc.

Escolha os métodos e procedimentos

Identificou o que precisa ser melhorado? Perfeito, agora já é possível planejar mais a fundo as ações a fim de corrigir essas questões.

Para isso, você terá que levar em conta os seguintes itens:

  • o conteúdo que será ministrado;
  • o instrutor do treinamento;
  • o local onde acontecerá;
  • se será a distância, presencial ou híbrido;
  • a carga horária necessária.

Aplique o treinamento e avalie os resultados

Toda ação dentro de uma empresa deve ser medida. Sendo assim, se o objetivo do treinamento comportamental é diminuir a procrastinação, o resultado esperado é um aumento da produtividade.

É necessário que o time do RH procure as ferramentas necessárias para avaliar os efeitos do treinamento e então fazer ajustes a fim de otimizar os resultados.

Faça tudo isso com antecedência

Um treinamento não começa quando o palestrante chega na empresa. É importante identificar tudo o que será necessário para planejar a ação e medir a sua efetividade.

Conclusão

O treinamento comportamental tem o objetivo de desenvolver habilidades pessoais e interpessoais, melhorando o relacionamento entre colaboradores e também a produtividade individual.

Dentre os diversos benefícios, a empresa contará com times mais eficientes e melhor ajustados, uma vez que eles têm as ferramentas necessárias para conviver com as diferenças de forma produtiva. 

Como resultado, o clima organizacional melhora e a produtividade geral da empresa aumenta.

Mas, para que o treinamento seja verdadeiramente eficiente, a equipe de RH deve se atentar ao passo a passo para elaborar essas ações, e o planejamento é uma etapa fundamental. 

Não somente, medir os resultados faz com que se possa avaliar a afetividade e a continuidade das ações.

Gostou do nosso texto a respeito do treinamento comportamental? Nós trabalhamos bastante para trazer conteúdos ricos como este para você, sendo assim, não deixe de conferir o nosso kit de Gestão de Pessoas para 2021 e saiba todas as tendências para este ano!

Teste

1 comentário em “Treinamento Comportamental: Veja as Melhores Dicas Para Implementar na Empresa”

  1. Treinar uma equipe de maneira devida é de suma importância par o crescimento do ambiente empresarial e até mesmo dos resultados financeiros em faturamento.
    Conseguir desenvolver uma equipe de modo que se consiga compreender as habilidades e as melhores formas de exercê-las é de crucial importância para o sucesso das rotinas administrativas.
    Excelente artigo e muito enriquecedor.

    Responder

Deixe um comentário