Qual a Real Importância de Usar a Estatística no RH?

A estatística no RH pode identificar tendências, traçar metas, diminuir erros, monitorar processos, otimizar o recrutamento, refinar a avaliação de desempenho, e aumentar a retenção de talentos.

Tempo de Leitura: 8 minutos

Última atualização em 12 de julho de 2021

Durante anos a cultura de avaliação dos recursos humanos sempre esteve voltada a processos mais práticos do que teóricos. 

Isso significa que pensar em estatística no RH era bastante restrito. Indicadores, números, gráficos para se chegar a um resultado? Todos esses elementos tão comuns para a mensuração de dados ainda passavam longe desse setor.

Acontece que os tempos mudaram: agora, a ideia de se orientar através de informações embasadas, não é só uma obrigação do departamento financeiro ou do marketing, por exemplo. O RH precisa desse recurso para trazer cada vez mais resultados tangíveis.

Quer saber mais sobre a importância dessa estratégia? Neste post escrito pela Compleo, vamos falar o que você precisa entender sobre estatística no RH. Continue a leitura!

Por que adotar as estratégias certas no RH?

Estatística no RH

Antes de falarmos sobre estatística no RH, é preciso explicar a importância das estratégias nos recursos humanos. 

Sabemos que é um setor essencial para a empresa, responsável por não só selecionar os funcionários, mas cuidar da sua gestão enquanto ele estiver na empresa.

Checklist do RH

A adoção de estratégias certas é uma maneira de evitar escolhas que não estão alinhadas com o propósito do negócio, e assim extrair o melhor dos colaboradores. 

Portanto, esse tipo de estratégia pode fornecer as seguintes vantagens:

Entre outros resultados.

Aproveite que está por aqui e confira também:
👉 Banco de talentos: como utilizar no processo seletivo?
👉 Equipe multidisciplinar: o que é e quais os seus benefícios
👉 Gestão humanizada: o que é e por que aplicar na empresa?
👉 Mapa mental: entenda como esse recurso pode ser aplicado no RH

Qual é a importância da estatística no RH e de um setor orientado a dados?

Agora que entendemos como as estratégias são um fator importante para a empresa, principalmente para a seleção e o cuidado dos funcionários, vamos saber quais são os benefícios de usar estatística para esse setor.

1. Apontam tendências

As ferramentas de estatísticas como os gráficos e indicadores são muito importantes para monitorar o que está acontecendo. 

Mas uma grande vantagem de seu uso é o que seus dados podem oferecer para o trabalho do RH: as tendências

As informações coletadas ajudam a entender para qual direção uma ação levará a empresa.

Por exemplo, supomos que a companhia resolva implementar um novo tipo de recrutamento, a fim de encontrar mais candidatos que tenham uma característica X.

Monitorar os resultados, não só das pessoas selecionadas, mas também de como se comportam ao longo do tempo, é uma forma de descobrir se a tendência desse novo método é positiva.

2. Auxilia na definição de metas concretas

Outro ponto importante é a ajuda para definir metas que realmente sejam possíveis. Os dados auxiliam a monitorar uma estratégia ao longo do tempo. 

É possível entender quais são os resultados que aquela estratégia está fornecendo em certo período para a empresa, e se isso a levará a conseguir alcançar o objetivo. 

Isso é muito importante, pois possibilita à companhia repensar uma tática para alinhá-la à meta.

3. Redução de erros e falhas

Claro que com a possibilidade de monitorar tudo o que está relacionado ao setor do RH com dados precisos, há mais chances de acertos. 

O que acontece é que, se você tem como acompanhar as estratégias de um ponto de vista mais profundo, é possível ver o que está acontecendo, qual parte está atrapalhando para que se atinja os resultados. 

Além disso, evita que se lide com achismos e fornece a certeza de que aquela decisão é a mais correta.

4. Controle de processos

O monitoramento dos dados não é algo feito apenas em um período. Claro que dependendo da estratégia ele pode ser utilizado para um momento específico. 

Mas, de maneira geral, sempre haverá indicadores para analisar o que está acontecendo em tempo real com o negócio.

Indicadores de RH

Isso é fundamental para entender se o planejamento está no caminho certo, e também, para obter um maior controle dos processos. Dessa maneira, consegue direcioná-los para o resultado.

5. Melhora o recrutamento e seleção

Por fim, é evidente que usar dados e estatística no RH melhora potencialmente os resultados do recrutamento e seleção

Esse tipo de tática auxilia a filtrar de forma acertada os candidatos que realmente estão alinhados com o que a empresa procura.

Pense que antes os recursos humanos precisavam ficar horas e dias analisando os currículos, realizando entrevistas para encontrar os candidatos certos. 

Agora, com o uso das ferramentas é possível reduzir bastante o tempo desse trabalho e dessa forma, dedicar-se a tarefas que exijam a atuação plena do setor.

6. Melhora a avaliação de desempenho dos colaboradores

No dia a dia, o RH armazena um grande volume de dados sobre os colaboradores, por exemplo, absenteísmo, folha de ponto, tempo de execução de atividades, produtividade, entre outros.

Dessa forma, as estatísticas são fundamentais para que o RH possa fazer avaliação de desempenho dos colaboradores. 

A análise de dados evita que eles sejam avaliados somente pela percepção de pessoas, o que torna o processo mais assertivo.

7. Aumenta a retenção de talentos

O índice de turnover é sem dúvidas uma das grandes preocupações do RH, tanto pela questão financeira como em relação ao clima organizacional da empresa, por isso encontrar formas de aumentar a retenção de talentos é fundamental para o RH.

Usar estatísticas aumenta as chances de encontrar candidatos mais alinhados com os valores da empresa e com maior potencial de permanecer na companhia por um longo período. 

Além disso, também é possível entender o comportamento e a expectativa dos funcionários e, através dessas informações, oferecer benefícios mais alinhados com suas necessidades.

Ainda, é possível procurar formas de melhorar o clima organizacional para deixar os colaboradores mais motivados.

Confira os materiais que preparamos para você:
📚 Conseguindo sucesso na gestão de pequenas empresas
📚 Como engajar colaboradores para diminuir as taxas de absenteísmo e turnover
📚 Sobrecarga no trabalho: saiba como evitar este mal na sua empresa
📚 A tecnologia transformando a mobilidade no mundo corporativo

De que forma usar a estatística no RH e torná-lo orientado a dados?

Como usar estatística no RH

O primeiro passo é a empresa ter bem definido o objetivo de utilizar os dados. Essa é uma etapa importante para que se possa manter o foco independente do que acontecer, além disso, é o que ajudará a encontrar os indicadores adequados. 

Após esse processo, é hora de fazer o mapeamento dos componentes utilizados na análise, como e-mails, planilhas, relatórios e outros elementos informativos.

A partir daí, com todos os dados unidos, é hora de iniciar a análise. Ela se divide em quatro partes:

  • coleta de informações: mais do que capturar os dados, nesta parte serão definidas quais serão as fontes dessas informações;
  • definição de métricas: aqui, se determina os indicadores ou o que chamamos de KPIs, eles serão utilizados pelo setor;
  • cruzamento das informações: agora todos os dados coletados são analisados de maneira a saber qual é a relação que têm;
  • criação de cenários: por fim, com as análises das informações inicia-se o processo de idealizar possíveis cenários.

Até aqui, falamos sobre a importância de estratégias como usar estatística no RH e tornar esse setor, cada vez mais, orientado a dados. 

Essa é uma grande ação para que o setor de recursos humanos possa ser mais efetivo em seus objetivos. 

A estatística no RH proporciona maior probabilidade de encontrar candidatos alinhados com os valores da empresa, além de garantir um melhor acompanhamento dos funcionários já existentes. 

Avaliando o desempenho tanto dos novos quanto dos antigos colaboradores com precisão, é possível desenvolver estratégias que estejam de acordo com o perfil do time e os objetivos da organização.

Esperamos que este post tenha sido útil para você entender a importância das estatísticas no RH.

Quer continuar aprendendo mais? Então, acesse agora o nosso texto sobre as tecnologias que vão impactar a gestão de pessoas nos próximos anos.

Esse artigo é um guest post desenvolvido pela equipe Compleo – Software de Recrutamento e Seleção.

Faça um teste Grátis

Deixe um comentário