Busca Booleana: o Que É e Como Aplicar na Procura por Candidatos

A busca booleana é uma forma de filtrar ou expandir os resultados de suas pesquisas, sendo perfeita para a seleção de novos profissionais para ocupar cargos em sua empresa.

Tempo de Leitura: 11 minutos

Última atualização em 4 de fevereiro de 2021

A busca booleana serve para te ajudar a encontrar informações de forma mais precisa na internet. Isso pode ser útil tanto na procura por talentos durante o processo de contratação quanto para encontrar resultados satisfatórios no Google.

Hoje em dia, as empresas não esperam que o profissional se candidate à vaga para fazer uma proposta. 

Mas, para encontrar esses profissionais, é preciso saber utilizar as ferramentas de refinamento de resultados disponíveis nos sites de buscas e em redes sociais como o Linkedin.

Trata-se do recrutamento ativo de candidatos, e hoje falaremos como a lógica booleana de buscas vai ajudar o RH a encontrar os candidatos perfeitos.

Conseguimos despertar sua curiosidade? Basta ler este artigo para entender como a busca booleana funciona.

O que é busca booleana?

O que é busca booleana

Muito provavelmente você chegou a este texto por meio de uma pesquisa do Google. 

Desenvolvimento de lideranças

Caso contrário, tenha em mente que a busca booleana é utilizada em sites e espaços como o oferecido pelo motor de busca dessa empresa.

De forma simples, utilizar essa ferramenta nada mais é que adicionar algumas palavras à sua pesquisa para direcionar a busca. 

Digamos que você esteja pesquisando no Linkedin por pessoas com experiência em marketing digital e assessoria de imprensa. 

Por intermédio dos operadores booleanos é possível ter exatamente esses resultados e muitos outros.

Fazer uma busca booleana te ajuda a ter resultados mais específicos e que melhor atendem às suas necessidades.

Essa característica faz com que saber utilizar essa ferramenta seja uma habilidade obrigatória para a equipe de RH que está trabalhando com recrutamento e seleção.

Que tal conferir também estes conteúdos?
👉 LGPD no RH: em que os gestores precisam ficar de olho
👉 Desvendando o setor de RH: entenda toda a sua estrutura
👉 Mapeamento comportamental: como implementar em sua empresa?
👉 RH tech: entenda mais sobre essa tendência nas empresas e sua importância

As palavras por trás de uma busca

Algo muito importante ao realizar uma pesquisa é a escolha da palavra-chave a ser utilizada. 

A busca, basicamente, vai trazer resultados que sejam relacionados à palavra-chave escolhida.

Uma exemplo prático é a gama de possíveis resultados que se combinam com a palavra “pé”, veja:

  • pé;
  • pé de moleque;
  • pé de cabra;
  • pé de mesa etc.

Cada combinação gera um resultado diferente porque descreve coisas diferentes. Mas, por que é importante saber disso?

Porque você precisa saber como algumas habilidades que você procura em candidatos são descritas. 

Sendo assim, caso você não tenha certeza de como descrever aquilo que procura, é interessante fazer algumas pesquisas e avaliar quais resultados são mais relevantes.

Algumas vezes, pode haver mais de um nome para o que você busca, por isso é importante se atentar a isso.

Quais são os operadores de busca booleana?

Quais são os operadores de busca booleana

Abaixo você encontrará os três operadores booleanos e ainda outras formas de pesquisar e aproveitar ao máximo as opções que os buscadores podem oferecer.

Vale a pena ressaltar que a grande maioria dos motores de busca — seja do Google ou mesmo de redes sociais como o Linkedin — funciona exatamente como descrevemos abaixo.

Logo após esse capítulo falaremos sobre uma exceção a essa regra. Então, fique atento, porque é uma importante plataforma para os times de RH.

AND ou E

Esse operador associa duas ou mais palavras, fazendo com que todos os resultados demonstrados tenham todos os termos da pesquisa.

Digamos que você ainda está à procura de alguém que já tenha trabalhado em marketing de conteúdo. Contudo, deseja restringir a pesquisa para encontrar candidatos onde você vive.

Uma opção para conseguir isso é pesquisar da seguinte forma: “analista de marketing digital AND São Paulo”.

A pesquisa utilizando esse operador vai demonstrar resultados com todas as palavras da pesquisa.

OR ou OU

Esse operador booleano pode ser interpretado como o oposto do que falamos anteriormente. 

Em vez de restringir a busca, o operador OR a amplia e oferece resultados que tenham ao menos uma das palavras-chave inseridas no campo de busca.

Digamos que você ainda quer procurar colaboradores para montar um departamento de marketing, assim, podemos continuar com o mesmo exemplo.

A profissão de analista de marketing digital também pode ser descrita como analista de mídia. 

Assim, para economizar tempo na pesquisa, você pode escrever dessa forma: “analista de marketing digital OR analista de mídia”.

NOT ou NÃO

Essa também é outra forma de restringir a busca e filtrar exatamente o resultado que você deseja. 

Por exemplo, ao pesquisar “publicidade NOT jornalismo”, é possível eliminar todas as pessoas que têm formação ou experiência com jornalismo. 

Assim, a sua pesquisa estará focada somente em profissionais de comunicação formados em jornalismo.

Uso das aspas para maior especificidade

Uma das situações com as quais você pode se deparar ao fazer algumas buscas ativas por candidatos é que, ao pesquisar palavras compostas, você obtém resultados para cada uma das palavras.

Por exemplo, ao pesquisar analista de marketing é possível obter resultados tanto para a palavra analista quanto para marketing

Isso faz com que a pesquisa perca sua especificidade e direcione para resultados mais precisos.

Contudo, ao pesquisar utilizando aspas, você deixa muito mais claro para o motor de busca o que realmente deseja procurar. 

Ao buscar por “analista de marketing”, você somente terá correspondências exatas à sua pesquisa.

Uso dos parênteses para agrupamentos

Aqui já é para quem tem um pouco mais de domínio dos operadores booleanos sobre os quais falamos acima.

Nesse caso, os parênteses agrupam os operadores booleanos como se fossem equações matemáticas

Por exemplo, ao pesquisar “analista AND (marketing OR mídia)”, você estará condicionando a palavra “analista” a uma das opções entre parênteses.

KIT de Gestão de Pessoas 2021

Dessa forma, os resultados recebidos dirão respeito à “analista marketing” e “analista mídia”.

Operadores booleanos

Como usar operadores booleanos na Gupy

Como usar operadores booleanos na Gupy

Algumas plataformas apostam na personalização dos operadores booleanos para aprimorar as buscas, como é o caso da Gupy. 

Por ser uma importante plataforma para o departamento de RH, resolvemos falar um pouco mais sobre ela.

Aqui você verá que a funcionalidade opera de forma muito semelhante ao modo que explicamos acima. Contudo, existem algumas diferenças, mas começaremos pelos pontos semelhantes para não gerar dúvidas. Vamos lá?

Busca com aspas duplas

Colocar a palavra-chave entre aspas também faz com que você obtenha a correspondência exata nos currículos cadastrados na plataforma.

Digamos que esteja procurando por pessoas de uma localidade específica, basta pesquisar da seguinte forma “NOME DO LOCAL” e pronto.

A lógica é exatamente a mesma.

Busca com + e –

É aqui que as coisas ficam um pouco diferentes, mas a lógica continua bem semelhante.

Ao utilizar o símbolo + associado a uma palavra, você estará positivando-a na pesquisa, bem semelhante à utilização do AND. Por outro lado, o – retira a palavra da pesquisa, como o NOT.

Ao aplicar esse conceito na prática, você pode pesquisar da seguinte forma: “analista de marketing digital” +gerente -NomeEmpresaConcorrente.

Dessa forma, você sempre receberá resultados para analista de marketing digital que tem experiência com gerência e não trabalha em uma empresa concorrente. Ficou fácil de entender, não é?

Busca booleana no recrutamento e seleção: entenda como ela pode ajudar

Busca booleana no recrutamento e seleção

Você prefere economizar tempo criando filtros para encontrar os melhores resultados para a sua pesquisa ou prefere tentar cada palavra-chave e torcer para ser um resultado relevante?

Ninguém gosta de perder tempo, não é mesmo? É por essa razão que a pesquisa booleana é ideal, porque ela traz inúmeros benefícios para o processo de recrutamento e seleção

A principal vantagem está na possibilidade de encontrar os melhores candidatos para vaga gastando menos tempo.

Também é uma forma de agilizar o processo de seleção. Por meio da busca ativa para encontrar esses profissionais, não é necessário passar pelo processo de analisar dezenas de currículos.

Sendo assim, essa é uma habilidade indispensável do arsenal de qualquer pessoa trabalhando no departamento de RH.

Por que fazer busca ativa por candidatos?

O RH tem se modernizado e, atualmente, é um departamento muito mais estratégico do que um dia já foi. 

O uso de tecnologias por esse departamento se faz especialmente necessário para gerar o maior valor possível para a empresa.

Quando a organização faz a busca de maneira passiva, costumam haver diversas candidaturas de indivíduos tentando uma chance nas vagas. 

Esse é um bom modelo, já que costuma atrair diversas pessoas, mas existem algumas desvantagens.

A primeira delas é que indivíduos que já estão trabalhando não costumam acompanhar sites de emprego ou mesmo notícias sobre vagas disponíveis. Afinal de contas, os verdadeiros talentos raramente estão à procura de emprego.

Contratações ruins realizadas por meio da busca passiva também podem influenciar negativamente na rotatividade da empresa.

Assim, o recrutamento ativo, que também é chamado de hunting (caçada, em inglês), é um dos diferenciais dos RHs que procuram os melhores candidatos.

Claro, para maximizar as chances de sucesso dessa abordagem, especialmente com indivíduos já alocados no mercado, é preciso construir uma boa marca empregadora a fim de seduzir esses profissionais.

Como é o passo a passo da busca ativa

Como é o passo a passo da busca ativa

Ficou interessado em caçar os melhores candidatos para as vagas da sua empresa?

Falaremos um pouco sobre como realizar a busca ativa e aproveitar ao máximo os operadores booleanos que ensinamos neste texto.

Na busca ativa, não há divulgação de vagas e não se espera receber currículos de pessoas interessadas. 

Aqui, você vai procurar e convencer um profissional a juntar-se à sua empresa. Veja alguns passos para realizar essa tarefa da melhor maneira.

1. Defina as plataformas

O primeiro passo de um hunting bem-sucedido é definir quais as melhores plataformas para encontrar o candidato ideal para a sua empresa.

Nem sempre esses indivíduos estão em bancos de currículos, às vezes é possível encontrar profissionais competentes em sites de freelancers, por exemplo.

Ficar de olho nesses locais não convencionais é um indicativo de que o RH está ligado nas novidades, tem uma visão inovadora e está disposto a encontrar novos talentos onde quer que eles estiverem.

2. Compreenda como o profissional é chamado no mercado

Já sabe onde procurar? Perfeito! Agora está na hora de aprender a respeito da profissão que você está buscando.

É comum que os profissionais sejam chamados de diversas formas, vide o exemplo do “analista de marketing digital” que também pode ser chamado de “analista de mídia”.

Não somente, ainda existe um agravante: em plataformas como o Linkedin, não existe uma padronização das profissões. 

Dessa forma, os colaboradores podem nomear o próprio cargo da forma que quiserem, dificultando um pouco a pesquisa.

Assim, é interessante compreender como as pessoas nomeiam o cargo que você quer preencher para que você use as palavras-chave certas.

3. Utilize a busca booleana

Agora é a hora de aplicar os seus conhecimentos sobre os operadores booleanos sobre os quais temos falado exaustivamente neste artigo. 

Descubra também as particularidades das próprias plataformas, já que elas podem ter filtros próprios que facilitam a busca — até mais que os próprios operadores.

Em outros casos, como é o exemplo da Gupy, podem ser adotadas formas próprias de personalizar a busca e melhorar os resultados.

Conclusão

Esperamos ter ajudado você a facilitar a tarefa de realizar a seleção e o recrutamento de novos colaboradores por meio da busca booleana. 

Essa ferramenta é imprescindível para tornar a vida dos recrutadores mais fácil, permitindo encontrar os melhores candidatos e, assim, utilizar melhor o tempo.

Continue acompanhando o nosso blog para mais dicas de como trazer o seu departamento de RH para o século XXI.

Não deixe de conferir o nosso material sobre a admissão e demissão de colaboradores e otimize esses processos em sua empresa.

Teste grátis por 14 dias

Deixe um comentário