A gestão de pessoas durante o isolamento social

Com as orientações de isolamento social, as empresas precisam adaptar suas principais rotinas para não comprometer a gestão de pessoas e a saúde dos funcionários, seja em home office ou de forma presencial.

O isolamento social é uma resposta ao momento atual. Enquanto o mundo todo sente os impactos da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), tal ação é necessária para que as pessoas continuem saudáveis. Isso, porém, tem um impacto direto na gestão de pessoas.

Enquanto a principal orientação é que as pessoas fiquem em casa e evitem aglomerações, as empresas precisam entender novas formas de fazer a gestão de seus funcionários. Afinal, algumas atividades não podem parar.

Pensando neste momento, trouxemos dicas sobre como desenvolver uma gestão de pessoas inteligente e eficaz no momento de isolamento social. Continue lendo!

O impacto do isolamento social na gestão de pessoas

gestao de pessoas

Como sabemos, o novo coronavírus fez com que muitas empresas precisassem criar novos processos para que suas atividades continuem acontecendo.

Enquanto muitas optaram pelo home office, outras não podem continuar suas atividades de forma remota. É o caso de serviços essenciais, como supermercados, farmácias, hospitais e indústrias.

Mas, independente de qual a forma que as atividades tomaram, as empresas precisam estar atentas em como continuar a gestão de pessoas em um momento de crise.

É comum que a maioria das empresas possuam um RH e um setor de Departamento Pessoal que realizam suas atividades presencialmente na sede, tendo contato diário e direto com os colaboradores.

Mas, tanto no home office quanto nas atividades que ainda são realizadas presencialmente, os processos precisam ser atualizados para garantir a segurança dos funcionários e do empregador.

Isso traz um impacto na gestão de equipes, que pode acabar se tornando mais distante e, como consequência, perdendo controle sobre a produtividade dos funcionários.

O que deve mudar na gestão de pessoas

No momento em que vivemos, todos os processos presenciais devem ser repensados. Sendo assim, as empresas precisam garantir que os funcionários continuem suas atividades de forma segura.

Para a gestão de pessoas, isso significa reestruturar as rotinas diárias para não perder o foco nos resultados e, ao mesmo tempo, se manter atualizada quanto a saúde física e mental dos funcionários.

Além disso, é preciso pensar em novas formas de manter uma cultura organizacional única para que as mudanças não criem problemas de produtividade.

A forma com que empresas que começaram o trabalho remoto e que continuaram com as atividades presenciais adapta a gestão de pessoas é diferente, mas deve ter o mesmo objetivo: permitir que os processos possam ser realizados com segurança.

Abaixo temos algumas das principais mudanças na gestão de pessoas que podem auxiliar no momento atual:

Gestão de pessoas em home office

mudancas na gestao de pessoas em home office

Como já citamos, algumas empresas puderam continuar com suas atividades de forma remota. Assim, ela permite que os funcionários cumpram o isolamento social e cuidem da própria saúde da melhor forma.

Essa não é a realidade de todas empresas, já que apenas aquelas que já possuem processos digitais podem continuar funcionando com a operação remota.

Todavia, mesmo as empresas que já passaram pela transformação digital precisam se adaptar para que a gestão de pessoas continue buscando os melhores resultados.

Entre os principais assuntos que essas empresas precisam se preocupar, estão:

1. Equipamentos para realização de atividades

O home office, ou teletrabalho, consiste na realização das atividades de forma remota. Sendo assim, muitos dos funcionários acabam trabalhando dentro de suas próprias casas, ou em coworkings.

O problema é que, por estarem acostumados a trabalharem direto na sede das empresas, é muito provável que os funcionários não possuam os equipamentos necessários para a realização das atividades do dia a dia.

Neste momento, a gestão de pessoas deve estar atenta para fornecer todos os materiais necessários.

Essa tarefa pode variar entre transportar computadores, verificar as conexões de internet e até mesmo enviar mesas e cadeiras para os funcionários. Afinal, é muito provável que os colaboradores não possuam nenhuma estrutura para o trabalho.

Mesmo que o home office pareça mais cômodo, ele precisa ser bem organizado para que a produtividade dos funcionários não seja afetada neste momento.

2. Comunicação com os colaboradores

No trabalho presencial, a comunicação entre os colaboradores e gestores é constante. Afinal, é possível fazer reuniões rápidas a qualquer momento e conversar frente a frente.

Com o trabalho remoto, a comunicação se torna mais desafiadora. Afinal, as pessoas estão realizando suas atividades em lugares diferentes, e não tem o luxo de ter conversas pessoais sempre que necessário.

Neste momento, a gestão de pessoas da empresa precisa estar atenta para encontrar as melhores ferramentas de comunicação para permitir o contato rápido e contínuo entre as equipes.

A comunicação também é essencial para que os funcionários não se sintam sozinhos no momento de isolamento social, algo comum para aqueles que costumavam ver os colegas de trabalho todos os dias.

Materiais ricos Tangerino: eBooks, guias, planilhas e ferramentas grátis

3. Gestão de ponto

No trabalho pessoal, o controle de absenteísmo e presenteísmo é importante para que seja possível fechar a folha de ponto dos funcionários e avaliar a produtividade.

Quando as atividades passam as ser remotas, o controle de ponto no home office deve continuar sendo feito, evitando brechas para problemas judiciais.

É responsabilidade do empregador fornecer um sistema de controle de ponto que permita o registro de horas de forma remota. Assim, é possível continuar controlando as horas trabalhadas e avaliando a produtividade dos colaboradores.

Neste momento, é preciso encontrar também uma solução que evite erros e fraudes que podem enfraquecer o relacionamento entre o empregador e os funcionários.

4. RH Digital

O trabalho de gestão de pessoas precisa continuar, mesmo que as atividades sejam realizadas de forma remota. Afinal, o trabalho do setor de Recursos Humanos é cuidar da relação entre os funcionários e o empregador, algo que ainda precisa ser feito independente do contato presencial.

Segundo estudos, cerca de 74% das empresas brasileiras que adotaram o home office em resposta ao isolamento social pretendem continuar com a prática pelo menos de forma mista.

Isso traz a necessidade de atualizar os processos para a criação de um RH digital, que consegue manter uma relação constante com os funcionários.

Gestão de pessoas presencial

mudancas na gestao de pessoas presencial

Mesmo que o home office tenha se tornado a realidade de muitas empresas, nem todas elas conseguem realizar suas atividades de forma remota. Neste momento, é preciso ficar atento a formas de continuar os processos de forma segura na sede das empresas.

Deve ser de preocupação da gestão de pessoas atualizar o dia a dia dos funcionários para que a saúde dos mesmos seja preservada.

Abaixo estão algumas das medidas das principais mudanças que devem ser realizadas:

1. Medidas de proteção

Para continuar as atividades de forma presencial no momento em que vivemos, as empresas precisam exigir e fornecer equipamentos e hábitos de proteção. Afinal, o local de trabalho deve ser seguro e não pode se tornar um local de contágio.

Sendo assim, é necessário exigir o uso de máscaras dentro das dependências, como forma de proteção principal. Além disso, é preciso instruir os funcionários a fazer a higienização das mãos com água e sabão e fornecer outras formas de esterilização eficazes, como o álcool 70%.

Mais que isso, a gestão de pessoas deve instruir os funcionários a evitarem as aglomerações, se possível, além de adaptar o ambiente de trabalho para que haja boa circulação de ar.

Existem ainda outras medidas de proteção indicadas pelos órgãos de saúde mundiais que podem ser seguidas para criar um ambiente ainda mais seguro. Neste caso, é preciso educar os funcionários para que eles façam parte deste esforço conjunto.

2. Atendimento ao cliente

As empresas que precisam tratar com atendimento ao cliente devem tomar ainda mais cuidado neste momento.

Para garantir a segurança dos funcionários e consumidores, é preciso seguir algumas das orientações que evitem a aglomeração e o contato do funcionário com muitas pessoas.

Primeiramente, assim como os funcionários, todos os estabelecimentos devem exigir o uso de máscaras em suas dependências. Afinal, essa é a forma mais segura de evitar o contágio pelo novo coronavírus.

Entre as práticas mais utilizadas pelos serviços essenciais está a limitação de número de pessoas dentro do estabelecimento, além da medição de temperatura na entrada e filas mais espaçadas. Alguns deles também trabalham com um tempo máximo de permanência e a disponibilização de álcool para a higienização das mãos.

Alguns restaurantes que continuam funcionando no momento do isolamento social deixaram de permitir a entrada de consumidores, trabalhando com o delivery e a entrega na porta.

Independente do tipo de comércio, é preciso se manter atento à forma como o atendimento ao cliente precisa se adaptar para garantir a saúde de seus funcionários e, de forma direta, a produtividade de sua empresa.

3. Gestão e controle de jornada

Como já falamos no caso do home office, o controle de jornada é importante para garantir todos os direitos dos funcionários e avaliar a produtividade da empresa.

O controle de ponto nas sedes, porém, costumam utilizar de processos que devem ser evitados no momento atual, como o uso do relógio de parede, que necessita da leitura da digital dos funcionários e acaba se tornando uma superfície perigosa para o momento.

Sendo assim, neste momento, é preciso investir em uma solução que evite o contato físico e continue permitindo o registro de horas dos funcionários.

Gostou do texto? Aproveite e leia mais sobre as ferramentas para um home office mais produtivo!

Tangerino Totem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.