E quando o processo de seleção falha? O que fazer?

A empresa abriu o processo de seleção, analisou os currículos, marcou entrevistas, avaliou os candidatos e não encontrou os profissionais de que precisava. E agora?

Quando o assunto é a seleção de candidatos, muitos recrutadores apontam a falta de profissionais qualificados como um dos principais problemas no país. Em alguns casos, porém, são os processos de uma empresa que impedem que o objetivo de completar os quadros seja atingido.

Saber o que fazer para lidar com essa situação e evitar novas falhas é fundamental. Veja só!

Recrutamento x Seleção de candidatos

Antes de abordamos os desafios e possíveis falhas no processo de seleção, é importante destacar a diferença entre recrutamento e seleção de candidatos.

Sem um bom processo de recrutamento, a empresa não consegue atrair os profissionais certos e sem um bom processo de recrutamento seleção por competências, não consegue identificar qual ou quais desses profissionais merecem as vagas.

Recrutamento é a aplicação de técnicas para chamar a atenção de potenciais candidatos, preferencialmente os mais qualificados. Algo que envolve a elaboração do texto da vaga, sua correta divulgação e até a criação de um e-mail específico para receber os currículos.

Já a seleção de pessoas envolve a definição de métodos para avaliar os candidatos, o que pode envolver entrevistas, testes, dinâmicas de grupo e outros. O objetivo é tentar descobrir se o profissional tem realmente as habilidades que seu currículo aponta e se tem o perfil esperado pela empresa.

Os principais desafios do processo de seleção

Quando o processo de seleção falha, o que a empresa precisa fazer é identificar as dificuldades que enfrenta em suas ações para encontrar os candidatos certos e encontrar o profissional ideal. Por isso, apresentamos alguns desafios comuns:

  • Agir com pressa para ocupar a vaga ― “A pressa é inimiga da perfeição”. Se você já conhece essa máxima, saiba que ela também se aplica ao processo de recrutamento e seleção.

    A necessidade de ocupar logo um cargo tende a fazer com que a empresa falhe já na elaboração do texto da vaga que apresenta o perfil e habilidades esperados pelos colaboradores. E ainda, na divulgação dessa vaga.

    Como consequência, o anúncio feito para o processo de seleção acaba atraindo os profissionais errados, sem a qualificação esperada.
  • Não contar com recursos para a seleção ― Anúncios de vagas tendem a atrair um alto volume de candidatos, sobretudo os bem elaborados, já que passam aos profissionais a ideia de que a empresa é organizada e bem estruturada.

    É também importante ter definidos os métodos avaliativos que farão parte da seleção. Nem sempre as dúvidas da empresa só podem ser sanadas na hora da entrevista, além disso ignorar a realização de testes ou não escolher bem a dinâmica de grupo pode ser um problema.

Como evitar falhas no processo de seleção

Ao conhecer os desafios, é provável que você já tenha entendido como evitar falhas no processo de seleção de pessoas, mas vamos deixar isso mais claro!

Contar com a ajuda de um gestor de RH capacitado e de um setor equipado com as ferramentas necessárias pode fazer toda a diferença. Esse apoio, que também pode envolver outros profissionais da empresa, permitirá que cada vaga divulgada seja bem elaborada e divulgada nos meios corretos para atrair a atenção de candidatos qualificados.

Além disso, é importante ter expertise e métodos definidos para analisar os currículos e definir as etapas do processo de seleção: perguntas a serem feitas, testes a serem realizados, a necessidade ou não de dinâmicas de grupo e como fazê-las. Com tudo isso, a empresa pode recomeçar o processo e finalmente encontrar seus novos colaboradores.

Depois de organizar seu processo de seleção, lembre-se de que é preciso manter um treinamento de líderes constante para alavancar os resultados!

teste grátis 14 dias