Controle de ponto virtual: tudo o que a sua empresa precisa saber!

O ponto virtual funciona por meio de um aplicativo para smartphone, autorizado pela portaria 373 do Ministério do Trabalho. Ele é cada vez mais utilizado dentro das empresas, devido à sua facilidade de fornecer relatórios para a gestão e à alta confiabilidade dos registros, que são praticamente imunes à fraude.

Saiba tudo sobre essa tecnologia!

Qual é a diferença entre o ponto virtual e o ponto eletrônico?

O ponto eletrônico para funcionários é marcado usando uma máquina instalada nas dependências da empresa. O funcionário registra a sua presença por meio de biometria, com uma senha individual ou usando um cartão de ponto. O ponto eletrônico registra todas as entradas e saídas, para que no final do mês os gestores de RH possam extrair relatórios.

Já o ponto virtual é uma evolução desse sistema, que não exige um equipamento específico para funcionar. O objetivo é que cada colaborador marque o ponto usando seu próprio celular, mas a empresa também pode optar por um tablet ou computador compartilhado dentro de suas instalações.

Nele, cada empregado tem uma senha e ainda passa pelo reconhecimento facial para registrar suas entradas e saídas diárias. Todas os registros ficam armazenados online e disponíveis 24 horas por dia para os gestores. Tratando-se de um aplicativo de ponto móvel, o GPS é usado para informar o endereço de cada marcação de ponto.

É possível integrar ambos, importando o AFD (Arquivo Fonte de Dados) do ponto eletrônico para o software de controle de ponto virtual, de forma que você possa usufruir das vantagens da tecnologia sem se desfazer do registro de ponto eletrônico.

Quais são as vantagens do ponto virtual?

Funcionar online é a maior vantagem do ponto virtual, pois essa característica permite o acesso da direção e do setor de Recursos Humanos, que pode monitorar os funcionários durante o mês todo. Dessa forma, os gestores conseguem saber quem chega atrasado com frequência, quem se dedica mais à empresa e quais setores exigem mais tempo de trabalho.

Além disso, o trabalho do RH fica muito mais leve, já que todo o controle de horas trabalhadas é automatizado. O monitoramento de banco de horas, que muitas vezes ocupa um bom tempo desses profissionais, torna-se muito fácil. As substituições são mais rápidas e o pagamento de horas extras deixa de ser uma surpresa.

Para as empresas que contam com equipes externas, existe a grande vantagem de marcar o ponto de maneira segura mesmo fora da empresa.

É caro implantar o ponto virtual na minha empresa?

Contratar um software para fazer o seu controle de ponto não exige a compra de nenhum equipamento. No Tangerino, os primeiro 14 dias são gratuitos e sem compromisso, para que a empresa possa avaliar a usabilidade do ponto virtual antes de contratar o serviço. O valor da mensalidade varia de acordo com a quantidade de colaboradores cadastrados no sistema.

Além de ser uma solução barata, em comparação com o investimento em um equipamento de ponto eletrônico, o ponto virtual ainda pode ajudar no controle de custos em gestão de pessoas.

Com um controle melhor das horas extras e a dificuldade de fraudar o sistema, a organização acaba economizando. Além disso, o RH tem mais tempo livre para dedicar-se a atividades estratégicas e menos burocráticas.

O ponto virtual é tudo aquilo que a sua empresa precisa? Conheça agora mesmo as facilidades do Tangerino!

teste grátis 14 dias