Adicional de assiduidade: o que é e como funciona

Adicional de assiduidade é uma forma de gratificação pela frequência do trabalhador. Não é obrigatório, mas é uma ótima estratégia de motivação dos colaboradores.

Se é dever do colaborador ser assíduo no trabalho, imagine se a empresa puder contribuir para que ele se sinta mais motivado e o remunere a mais por isso? Se você está pensando que ser frequente não passa de uma obrigação do trabalhador, embora essa seja uma verdade, saiba que a companhia pode, ainda, reforçar isso com algum bônus que lhe traga mais satisfação.Estamos falando do adicional de assiduidade ou gratificação de assiduidade.

Já ouviu falar nesses termos? Sua empresa adota essa prática? Entenda que esta é uma estratégia muito eficiente para ajudar na motivação dos funcionários. Entenda melhor como o adicional funciona, quais são os benefícios, no que ele impacta e muito mais! Boa leitura!

O que é adicional de assiduidade?

Adicional de assiduidade

O adicional de assiduidade é um benefício pago pela empresa aos colaboradores que têm baixos índices de falta. Funciona como uma gratificação recebida quando os trabalhadores contribuem para as baixas taxas de absenteísmo, ou seja, com o índice de faltas. Neste caso, quanto mais o funcionário é assíduo, mais ele poderá ser recompensado.

Apesar de não ser um benefício conhecido ou concedido por muitas instituições, o adicional de assiduidade é um grande aliado para ajudar a empresa a manter a produtividade, pois como sabemos, se o colaborador falta — independentemente do motivo —, ele prejudica todo o andamento das atividades.

Por mais que se possa ter a ideia de que a frequência contínua dos trabalhadores faz parte de um de seus deveres, sabemos também que manter a motivação em alta também é um dos principais desafios das empresas, em especial dos setores de Recursos Humanos.

São vários os motivos que podem levar um colaborador a faltar ou ausentar-se com frequência: desmotivação por algum problema enfrentado com a liderança; descontentamento com as atividades internas; os percalços e o trajeto de casa até trabalho; falta de oportunidades ou de visualizar crescimento na empresa e vários outros.

Por isso, a gratificação de assiduidade se torna uma estratégia para beneficiar tanto os colaboradores, por seu comprometimento diário, quanto a própria companhia, que estimula nos times algo que os motive a querer sempre contribuir internamente e, com isso, ela será a principal favorecida.

Existe um padrão para adotar o adicional de assiduidade?

Entenda que não há uma regra que defina o pagamento do adicional de assiduidade nas convenções trabalhistas, ficando a cargo de cada empresa estabelecer se adotará ou não essa forma de gratificação e como isso será feito. 

Existem, por exemplo, companhias que praticam uma forma de recompensa ao final de cada semestre. Assim, aqueles colaboradores que tiveram uma conduta exemplar em relação ao comparecimento diário em suas atividades serão gratificados nesse período. 

Outras, adotam formas de gratificação mensais, e essas podem ser em dinheiro, brindes, vales-presentes, entre outros. Ou seja, fica a critério de cada instituição avaliar qual tipo de adicional de assiduidade adotar e de que formas poderá fazer isso.

Uma boa alternativa é pensar em formas de gerar o menor impacto também para o caixa da empresa, afinal, essa é uma estratégia para manter a produtividade em alta e, consequentemente, visando os lucros da companhia.

Quais são as vantagens para a empresa e como ela pode utilizá-lo?

Falar sobre lucros e aumento de produtividade nos leva a citar os diversos benefícios percebidos pelas companhias que entendem o que é adicional de assiduidade e a importância desse recurso. Para conseguir compreender os benefícios, você também deve saber que a assiduidade e a pontualidade são indicadores muito importantes, mas são coisas diferentes.

Enquanto a pontualidade diz respeito àquela pessoa que é pontual, ou seja, chega no horário marcado — mas que nem sempre é assíduo —, a assiduidade se refere à frequência diária do trabalhador no ambiente corporativo. Ou seja, nem sempre uma pessoa assídua é pontual ou vice-versa.

Para entender melhor as vantagens do adicional de assiduidade, reflita: é melhor ter um colaborador que chega no horário, mas sempre falta, ou ter pessoas que, mesmo não sendo tão pontuais assim, estão lá todos os dias, comprometidas com suas atividades?

Certamente, você deve estar pensando que o ideal, na verdade, seria unir as duas condições, certo? De fato, esse é o cenário ideal, porém, não é a realidade da maioria das empresas. Então, podemos perceber que os colaboradores que são frequentes também são os mais rentáveis para as companhias. Adiante, você vai entender como medir isso.

Assim, o funcionário reforça a sua imagem de uma pessoa comprometida e com a qual o time e a empresa podem sempre contar, pois raramente ele não estará ali. E ter um colaborador em quem se possa confiar é um grande ganho, já que as companhias são totalmente dependentes do capital humano para funcionar. Confira abaixo outras vantagens:

Melhoria da imagem da empresa perante os clientes

Quando uma empresa tem muitos colaboradores que sempre atrasam ou faltam, ela passa uma sensação de desorganização interna e isso, mais cedo ou mais tarde, acaba sendo percebido pelo cliente. Seja por meio de uma ligação, quando procura pelo profissional e ele não está, seja no resultado de uma atividade que teve a entrega comprometida.

Se o contrário for a realidade dessa empresa e seus profissionais são engajados e constantemente estimulados a serem assíduos, a companhia tende a passar mais credibilidade para os seus clientes — com entregas cada vez mais ágeis e pontuais — e para o mercado de trabalho.

Menos problemas financeiros 

Pense na situação de uma empresa que tem demandas contratadas e deve arcar com multas e encargos por atrasos nas entregas dos clientes? Imagine o prejuízo quando vários colaboradores de seus times retardam a finalização desses serviços por conta de suas numerosas faltas? Um verdadeiro dano para a companhia, certo?

Melhora no clima organizacional

Quando as equipes são estimuladas a produzirem mais, elas se tornam mais competitivas e de maneira saudável para a instituição. Além disso, quando os colaboradores passam a faltar com muita frequência por desmotivação, eles acabam influenciando o restante do time, que fica sobrecarregado e acaba sofrendo consequências por conta disso.

Como o adicional de assiduidade impacta na folha de pagamento dos colaboradores?

O incentivo da gratificação por assiduidade é muito utilizado, principalmente, por empresas que contam com categorias trabalhistas que apresentam altos índices de faltas como lojas de comércio, companhias de telemarketing e empresas do ramo civil. Esses segmentos são conhecidos por desempenharem atividades de resultam em grande esgotamento físico.

Mas como o adicional de assiduidade funciona na folha de pagamento desses trabalhadores? De acordo com o artigo 457 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), Lei 13.467, quando houver a gratificação por parte da empresa, ela deve fazer parte do salário do trabalhador. Ou seja, o saldo vai compor os proventos de sua remuneração.

Art. 457. …………………………………………………..

§ 1º Integram o salário a importância fixa estipulada, as gratificações legais e as comissões pagas pelo empregador …………………………………………………”

Ou seja, quando houver o pagamento do benefício, todos os descontos, como férias e 13º salário, também serão impactados sobre o valor pago como gratificação aos colaboradores. Além disso, esse valor também está sujeito às incidências de encargos sociais como o Imposto de Renda (IRPF) e o INSS.

Também vale ressaltar que a gratificação é uma forma de reconhecimento pelo trabalho prestado, assim como uma recompensa ou um incentivo. Ao contrário do prêmio, que normalmente já está vinculado ao trabalho do colaborador e é devido ao seu esforço, estando sujeito a determinada condição para conseguir alcançá-lo.

Como controlar a assiduidade dos colaboradores?

Avaliar sobre a possibilidade de adotar o adicional de assiduidade requer organização por parte da empresa e isso inclui, principalmente, um controle eficiente da jornada de trabalho dos funcionários. Para isso, é fundamental contar com um sistema integrado de controle de ponto. Afinal, como você saberá exatamente quem está faltando ou não?

Dependendo do tamanho da empresa, pode até acontecer de os gestores terem a impressão de que determinado colaborador está sempre faltando, mas que na verdade, ele só é mais introvertido e calado e está sempre produzindo de maneira mais silenciosa. O controle de ponto, neste caso, é um aliado para reportar resultados fidedignos.

Quando uma jornada é feita de forma correta, eficiente e integrada em uma empresa, gratificações como a de adicional de assiduidade são ferramentas estratégicas para conseguir reconhecer quem realmente está vestindo a camisa da empresa por meio do comprometimento e quem não está e por quais motivos.

Vale ressaltar que o controle digital é uma das melhores estratégias a serem adotadas por companhias que precisam de resultados em tempo real, de apresentar de maneira mais simples para os colaboradores e diminuir as chances de erro. Por meio dele, toda a jornada de trabalho de cada profissional é gerenciada de forma automática e online.

Percebeu como o adicional de assiduidade pode ser um ótimo aliado quando o assunto é valorização, engajamento e motivação dos trabalhadores? É um recurso que pode parecer oneroso no início, mas com o tempo você vai perceber que, além de benefícios para os colaboradores, a empresa só tem a ganhar com essa estratégia.

Aproveite para conhecer outras maneiras de fortalecer a gestão da sua empresa! Baixe o nosso e-book sobre como fazer e utilizar o marketing no RH da companhia e entenda como essas áreas, juntas, podem contribuir para o sucesso da instituição!

teste grátis 14 dias