4 indícios de que sua empresa precisa de um marcador de ponto digital

Ter um sistema de controle de ponto é obrigatório para empresas com mais de dez funcionários e recomendável para aquelas que possuem menos de dez colaboradores. Afinal, monitorar a jornada de trabalho dos funcionários permite acompanhar a produtividade da organização, entre outros indicadores.

Quando o número de colaboradores é pequeno, costuma-se optar pelo controle de ponto manual. Entretanto, essa solução pode não ser a mais eficiente em termos de segurança e otimização de processos.

Confira agora como um marcador de ponto digital pode ser a melhor solução!

#01 Problemas com a disciplina dos colaboradores

Sem um controle de ponto de funcionários funcional e preciso, o processo de gestão do banco de horas pode perder importância para os colaboradores. A falta de regras bem estabelecidas abre brechas para que os dados sejam registrados de maneira diferente do que foi efetivamente trabalhado.

Horas a mais ou atrasos não mencionados passam a se tornar regra, prejudicando não só o trabalho do RH como também as finanças da empresa.

#02 Demoras no fechamento de ponto mensal

Quando o controle de ponto é feito com sistemas manuais ou mecânicos, os registros têm que ser repassados para outro tipo de ferramenta, como planilhas ou softwares. Isso demanda um tempo precioso que poderia ser aplicado a atividades mais estratégicas para a organização.

Ao usar um marcador de ponto digital, todas as informações são importadas diretamente para o sistema, em tempo real, todas as vezes em que um funcionário procede com a marcação de ponto.

Além disso, relatórios do controle de horas e todos os cálculos relacionados são feitos de forma automática, o que diminui consideravelmente o trabalho que precisa ser feito manualmente pelo time de RH.

#03 Incoerências nos registros de horas

Controles manuais ou mecânicos, por mais que não existam tentativas de fraude no controle da jornada de trabalho dos funcionários, podem apresentar diferenças em relação às horas efetivamente trabalhadas.

Mesmo assim, infelizmente, ainda encontramos casos onde algumas pessoas podem aproveitar-se das deficiências de um controle manual para arredondar seus horários, pedir a outro colaborador que marque o ponto em seu lugar, entre outras atitudes de má-fé.

Um marcador de ponto digital, especialmente os baseados em tecnologias de ponto biométrico, eliminam totalmente essas possibilidades.

#04 Dificuldade no acesso às informações do controle de ponto

Quando chega o final do mês e os gestores têm uma surpresa com a quantidade de horas negativas dos colaboradores, é hora de repensar o uso de sistemas de controle de ponto manuais. A demora na obtenção de dados do registro de ponto pode significar perda de produtividade e até de vendas para a empresa, impactando no financeiro.

Por outro lado, o uso de um marcador de ponto digital permite monitorar a jornada dos funcionários dia a dia, semana a semana. Assim, na hora de fechar a folha de pagamento e contabilizar os resultados da empresa, não há surpresas negativas.

#05 Queda na produtividade

A produtividade é medida com base na quantidade de tempo que cada colaborador leva para realizar determinada atividade. Se há queda na produtividade e a empresa não possui mecanismos para avaliar se os colaboradores estão cumprindo a jornada de trabalho conforme o contratado, é impossível determinar as reais causas da baixa no desempenho.

ebook absenteísmo presenteísmo

Essa situação acarreta não só em um clima organizacional mais tenso como também impacta as finanças da organização. Nesse sentido, ter um marcador de ponto digital é essencial para conferir sempre que necessário se a carga horária contratada é cumprida e agir proativamente para evitar o absenteísmo e o presenteísmo na empresa.

E por falar em absenteísmo e presenteísmo, que tal conferir como a tecnologia pode ajudar a reduzir esses índices na sua empresa? Faça download do e-book e descubra agora!

teste grátis 14 dias